Portugal
Vieira. O senhor que se segue na contestação encarnada?
2019-01-07 09:35:00
"Só falta o Vieira", gritaram os No Name Boys

Despedido Rui Vitória, os adeptos do Benfica guardaram os lenços brancos, até porque os encarnados regressaram aos triunfos, diante do Rio Ave, neste domingo, no Estádio da Luz.

Mas a boa estreia de Bruno Lage como técnico da equipa principal não evitou um episódio surpreendente, vindo da bancada, com Luís Filipe Vieira como alvo. Foi um foco bem identificado, na claque dos No Name Boys, em paralelo com muitos aplausos dirigidos aos jogadores.

“Só falta o Vieira”, gritavam umas dezenas de adeptos, manifestando, com poucas palavras, o desejo de ver o presidente sair.

Nem a vitória por 4-2 numa rara reviravolta (os encarnados estiveram a perder por 2-0) fez serenar os ânimos. E tão rara como a reviravolta é a contestação ao líder máximo do Benfica, que esteve sempre acima de qualquer crítica, nos últimos anos.

As memórias de um tetracampeonato sem par no historial benfiquista não são suficientes para Luís Filipe Vieira manter uma certa unanimidade, ou uma expressão de apoio tão forte que abafe qualquer contestação. A partir daqui, abre-se um novo capítulo na liderança, a menos que a equipa seja capaz de dar uma resposta em campo que silencie aquele grupo de adeptos. 

A equipa encarnada regressou ontem aos triunfos, com dois golos de Seferovic e outros dois de João Félix. Gabrielzinho e Bruno Moreira gelaram a Luz, aos 17 e 20 minutos. No entanto, a formação orientada por Bruno Lage (técnico que apostou num 4x4x2) operou a reviravolta.

Sê o primeiro a comentar: