Portugal
“Primeira parte muito interessante, na segunda claudicámos”, diz Bino
Redação
2021-04-22 23:30:00
Treinador lamenta como o FC Porto chegou ao golo num lance em que o Vitória "parecia estar em vantagem"

Bino Maçães, treinador do Vitória de Guimarães, lamentou que a equipa não tenha conseguido repetir na segunda parte a boa exibição da primeira, com o FC Porto a aproveitar para marcar o golo que ditou o triunfo desta noite, em jogo da 28.ª jornada da I Liga.

“Tinha avisado os jogadores de que o FC Porto poderia entrar forte nos primeiros minutos [da segunda parte]. Estávamos precavidos em relação a isso. Criámos alguns problemas ao FC Porto na primeira parte. Praticamente o FC Porto não dispôs de oportunidades para marcar. Foi uma primeira parte muito interessante da nossa equipa. Na segunda parte, claudicámos num lance em que parecia estar em vantagem [livre a favor do Vitória] e permitimos depois um golo”, salientou o técnico, na entrevista rápida à SportTV.

“Tivemos que nos expôr mais, fomos atrás do resultado, tentar fazer o empate e desorganizámo-nos mais em uma ou outra situação, podendo eles ampliarem o resultado”, continuou Bino, insistindo que o Vitória “não abdicou de chegar ao empate”.

“A equipa teve uma grande atitude e há que realçar para o que aí vem. Não ficámos satisfeitos com a derrota, dado o desempenho sobretudo na primeira parte, mas o caminho vai fazendo-se com estas adversidades. Podemos ser mais fortes no futuro se corrigirmos algumas situações”, reforçou.

O Vitória encontra-se num ciclo de maus resultados, mas Bino pediu tempo, lembrando que a equipa ainda está a assimilar um novo sistema de jogo. “Agora teremos uma grande densidade de jogos e praticamente não teremos tempo de trabalhar, apenas para recuperar o grupo. Daqui a três dias voltamos a jogar. Não é fácil, mas com atitude e compreensão deles para o que é o nosso jogo, esperamos dar respostas condizentes com os pergaminhos do Vitória”, explicou.

“A parte anímica é fundamental. Temos vindo a trabalhar isso, depois de uma série que não foi nada benéfica para equipa. Houve alguns jogadores mais jovens que abanaram um bocadinho. Queremos que eles tenham confiança nas suas capacidades, que percebam o que têm de fazer. Há alturas em que, perto da nossa área, não podemos jogar bonito. Vamos aprendendo. Esperamos que, no jogo seguinte, não voltemos a cometer os mesmos erros. Há que salientar o que também fizemos corretamente e levar para o próximo jogo”, finalizou.