Portugal
FC Porto alvo de inquérito disciplinar devido a Sérgio Conceição
Redação
2021-05-08 17:30:00
Em causa a não comparência do treinador na entrevista rápida após o clássico com o Benfica

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol abriu um processo de inquérito ao FC Porto por se ter feito representar pelo adjunto, Vítor Bruno, em vez do treinador principal, Sérgio Conceição, na entrevista rápida após a partida para a 31.ª jornada da I Liga, o clássico com o Benfica, no Estádio da Luz.

Suspenso pelo CD, Sérgio Conceição devia ter cumprido castigo nessa partida, mas uma providência cautelar permitiu que estivesse no banco da Luz a orientar a equipa. No entanto, após o apito final, foi Vítor Bruno quem prestou declarações na 'flash interview' ao operador da transmissão televisiva do encontro (no caso, a BTV).

Nem Vítor Bruno, nem Sérgio Conceição compareceram na sala de imprensa para a tradicional conferência após o jogo. No entanto, esta presença não é obrigatória, ao contrário do que acontece com a entrevista rápida no final de cada encontro.

O CD abriu um inquérito ao FC Porto para apurar os motivos que estiveram na origem da presença do adjunto e não do treinador principal na 'flash', por entender que, de acordo com os regulamentos, quem tem de prestar declarações é quem lidera a equipa técnica.