Portugal
Conselho Fiscal do Santos rejeita proposta do Benfica por Lucas Veríssimo
Redação
2020-12-01 19:00:00
Conselho Deliberativo, que tem a última palavra, volta a reunir-se na quinta-feira

O Conselho Fiscal do Santos deu esta terça-feira um parecer negativo à proposta do Benfica para a contratação de Lucas Veríssimo e, em sentido inverso, aceitou a oferta do Al-Nassr, treinado por Rui Vitória. 

De acordo com o Record, a última palavra pertence agora ao Conselho Deliberativo do clube, que volta a reunir na quinta-feira para analisar a situação do jogador. 

Luís Filipe Vieira, recorde-se, esteve recentemente no Brasil para tentar fechar um processo que se arrasta há alguns dias, alterando a proposta inicial do Benfica. 

A SAD encarnada propôs inicialmente um empréstimo com opção de compra obrigatória em julho, altura em que começaria a pagar os 6,5 milhões de euros pelo jogador. 

Escreve o mesmo jornal que a proposta do Benfica era agora de 1,5 milhões de euros no imediato, diluindo os restantes cinco milhões pela duração do contrato de Lucas Veríssimo. 

A opção de empréstimo, no entanto, mantêm-se por parte do Benfica, uma vez que os encarnados pretendem que a aquisição do atleta só entre no exercício de contas de 2020/2021.

Recorde-se que Orlando Rollo, presidente do Santos, admitiu recentemente que o Peixe "não tem condições para sobreviver" se não vender o jogador.

"O Santos precisa negociar o Lucas Veríssimo. O Santos não tem condições de sobreviver até janeiro se não negociar o jogador. Temos uma dívida a curto prazo, entre salários e dívidas na FIFA, de cerca de 54 milhões de reais. Só que agora o Benfica está prestes a desistir do negócio. Se não conseguirmos vender o Lucas Veríssimo, não vejo solução financeira", afirmou.