Portugal
"Com Di María, Rui Costa quis passar mensagem de que podia lutar pela Champions"
2024-05-16 12:35:00
"Essa expectativa é difícil de gerir. O que é que uma administração tem que fazer?", refere ex-jogador Diogo Luís

O Benfica está em reflexão e os benfiquistas procuram respostas para aquilo que lhes aconteceu ao longo da época. Roger Schmidt tem sido contestado pelos resultados mas também pelas opções e pela comunicação que tem tido. Também Rui Costa já sente os ecos do desagrado benfiquista. E a este respeito, Diogo Luís entende que o presidente do Benfica deve perceber quem tem à sua volta e deve identificar que nem todos possam estar focados na missão encarnada.

"As pessoas não estão lá dentro para servir o Benfica, estão porque querem aparecer, ter dimensão", começou por referir Diogo Luís. E o ex-jogador das águias falou de gente que tem "o sonho de criança de ter algum destaque no mundo".

"A verdade é que o Benfica, naturalmente, dá destaque a muitas pessoas e essa é que é a realidade", referiu o antigo atleta, certo de que o presidente do Benfica deve "fundamentar as suas decisões".

Di María como trunfo de Rui Costa de que "podia lutar pela Champions"

"Ele tem de saber explicar porque é que vai por aquele caminho. O Rui Costa tem de conseguir chegar perto das pessoas e dizer 'renovei três épocas com o Roger Schmidt porque é este o caminho'", frisou o ex-camisola 36 encarnado, em declarações na CNN Portugal, numa altura em que até Rui Costa é criticado pelos associados.

Por outro lado, Diogo Luís aconselhou Rui Costa a "agarrar" naquilo que a equipa fez nesta época para perceber para onde a equipa deve caminhar na próxima temporada.

"Eu acho que no ano passado acabou por dar uma imagem positiva porque o Benfica jogava bom futebol até janeiro. Tinha uma forma de jogar que entusiasmava os adeptos. A partir do momento em que saiu o Enzo Fernández já não entusiasmava e foram só as vitórias que foram caminhando", comentou o ex-futebolista, prosseguindo com a sua ideia.

"Essa expectativa é difícil de gerir"

"Depois, com a contratação de Di María o Rui Costa quis passar a mensagem de que o Benfica podia lutar pela Liga dos Campeões. E essa expectativa é difícil de gerir. Foram erros que foram cometidos. O que é que uma administração tem que fazer? Tem que corrigir os erros. O Sporting no ano passado ficou em quarto lugar e eu dou sempre este exemplo", salientou Diogo Luís.

Deste modo, o antigo jogador entende que é no balanço do que se fez que as equipas podem avançar para as novas metas e novos horizontes desportivos.

"O Benfica está em segundo e vai à Liga dos Campeões", apontou, recordando que o Sporting ficou fora da Liga dos Campeões na época que está agora a terminar.

"Ficar fora da Liga dos Campeões é o pior que pode acontecer a um clube e o Benfica vai à Liga dos Campeões. Quase de certeza que vai entrar diretamente", concluiu Diogo Luís.