Grande Futebol
Favoritos tentam ganhar avanço no arranque da qualificação
Redação
2021-03-22 09:30:00
Viagem rumo ao Mundial de 2022 vai arrancar na zona europeia

A França, campeã mundial em título, inicia a qualificação para o Mundial2022 de futebol com uma receção à ‘perigosa’ Ucrânia, numa jornada tripla em que os favoritos dos 10 grupos podem aproveitar para ganhar avanço sobre a concorrência.

No mesmo dia em que Portugal se estreia no Grupo A, diante do Azerbaijão, na quarta-feira, a Sérvia recebe a República da Irlanda, num embate entre formações que, teoricamente, vão tentar contrariar o favoritismo luso no agrupamento.

Já a França, vai receber a Ucrânia, no Stade de France, para o Grupo D, naquele que é um dos jogos de maior interesse entre os 75 que se vão disputar em apenas sete dias - ainda defronta Cazaquistão e Bósnia-Herzegovina.

Apesar de terem ‘atropelado’ os ucranianos num particular disputado em outubro do ano passado (7-1), os campeões mundiais vão ter pela frente um adversário que tem crescido muito sob o comando do antigo goleador Andriy Shevchenko e que, inclusive, relegou Portugal para o segundo lugar do grupo de qualificação para o Euro2020.

Os Países Baixos vão ser anfitriões da Turquia e vistam Letónia e Gibraltar, podendo ganhar vantagem no Grupo G, caso capitalizem o embate que os turcos vão ter com a Noruega, que, por seu lado, também irá jogar em Montenegro.

Um dos primeiros jogos da qualificação para o Mundial2022, na quarta-feira, será uma reedição dos quartos de final do Euro2016, com a Bélgica, terceira classificada no último campeonato do Mundo e atual líder do ‘ranking’ da FIFA, a receber o País de Gales, para o Grupo E.

No Grupo B, a Espanha, campeã do Mundo em 2010, jogará com a Grécia - campeã europeia em 2004 e que conta com o guarda-redes do Benfica Vlachodimos - Geórgia e Kosovo, contando nas suas fileiras com o lateral do Sporting Pedro Porro, que foi chamado pela primeira vez para representar ‘La Roja’.

O arranque da qualificação no Grupo B ficará marcado pelo regresso do experiente Zlatan Ibrahimovic (39 anos) à seleção da Suécia, quase cinco anos depois de ter abdicado do conjunto nórdico, que tem duelos marcados com os georgianos e kosovares.

A Inglaterra, que terminou em quarto lugar no Mundial2018, começa a qualificação com San Marino e Albânia, antes de receber o principal oponente no Grupo I, a Polónia, em 31 de março, já depois de os polacos defrontarem Hungria, adversária de Portugal no Euro2020, e Andorra.

Se os principais confrontos dos grupos C (Suíça-Itália) e E (Rússia-Croácia) apenas terão lugar em setembro, no Grupo J, a Alemanha arranca, sem Waldschmidt, o apuramento com receções à Islândia e Macedónia do Norte, e uma visita à Roménia.

Nesta tripla jornada, a Áustria vai colocar à prova o aparente favoritismo de Dinamarca e Escócia no Grupo F, visitando Edimburgo, na quinta-feira, e recebendo os nórdicos, em 31 de março.

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 arranca este mês e termina em 16 de novembro. O vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final, enquanto os segundos classificados vão disputar os ‘play-offs' de apuramento, juntamente com dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os ‘play-offs'.

Destas 12 equipas presentes nos ‘play-offs', que serão disputados em março de 2022, sairão os últimos três representantes europeus no Mundial2022.

O Mundial no Qatar decorrerá fora do habitual período entre junho e julho, devido ao forte calor que se faz sentir naquele país nessa altura do ano, com a competição de 2022 a estar prevista para as datas entre 21 de novembro e 18 de dezembro.