Visto da Bancada
Tuck (nº10)
2017-06-10 20:00:00
Ex-capitão de Gil Vicente e Belenenses não esquece o jogo que ditou a subida dos barcelenses à Liga pela primeira vez

Natural de Barcelos, João Carlos Novo de Araújo Gonçalves, mais conhecido no mundo do futebol como Tuck, elege o jogo que ditou a subida do Gil Vicente pela primeira vez ao escalão maior do futebol português como aquele que mais o marcou enquanto adepto, na bancada.

Decorria a época 1989/90 com os gilistas a jogarem na Póvoa de Varzim na última jornada. A equipa na altura liderada por Rodolfo Reis necessitava de vencer. E venceu por 2-0 alcançando, desta forma, a subida com dois pontos de vantagem sobre o Famalicão, o grande rival na altura. “Sou barcelense e como tal vive este jogo com particular emoção. Este é um daqueles jogos que ficam na memória, que nunca mais se esquecem”, afirma Tuck, que além do Gil Vicente, representou também durante muitos anos o Belenenses.

Há 27 anos, Tuck era um jovem ainda a despontar como conta ao Bancada. “Era um jovem nessa altura, fui convocado, mas acabei por ser excluído da lista final, vendo o jogo na bancada. Acabou, no entanto, por ser uma experiência para não mais esquecer.”

Tuck recorda nomes como “Rosado, Folha e Paulo Alves”, os dois últimos campeões mundiais pela Seleção Nacional de sub-20, numa equipa que ficou para sempre na história do Gil Vicente.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa