Visto da Bancada
Tiago Raposo (nº 256)
2018-03-21 18:05:00
O jovem treinador do Moncarapachense recorda um Sporting - Benfica para as meias-finais da Taça de Portugal, em 2008

Tiago Raposo, treinador do Moncarapachense, equipa que milita na Série E do Campeonato de Portugal, recorda o Sporting, 5 - Benfica,3, jogo das meias-finais da Taça de Portugal de 2008, como um dos jogos que mais o marcou na condição de espectador. Um festival de golos e de emoções que o jovem técnico da equipa algarvia guarda na memória.

O Benfica marcou logo aos 19 minutos, por Rui Costa, e aumentou a vantagem à passagem da meia-hora, num golo de Nuno Gomes. Aí, Tiago Raposo, que confessa-se adepto sportinguista, estava a ver o jogo com um amigo próximo, e perante o resultado adverso para as cores leoninas quis ir-se embora. "Disse-lhe algo como isto: 'Não leves a mal, mas vou-me embora. Vamos ser enxovalhados, não tenho estômago para aguentar isto'".
Mas o amigo, "que tem uma fé e crença ainda maior do que a minha", convenceu Tiago Raposo a ficar. "E ainda bem que fiquei, pois acabei por assistir a uma reação do Sporting. Eu nem queria acreditar, foi uma segunda parte notável do Sporting", recorda ojovem técnico, de 32 anos.

A reacção do Sporting começou a ganhar forma a pouco mais de 20 minutos do final do jogo. Yannick (68'), Liedson (76') e depois Derlei (79') deram a volta ao marcador e colocaram o Sporting em vantagem. Aos 82 minutos, Rodriguez ainda marcou para repor a igualdade, mas três minutos mais tarde Yannick Djaló fez o quarto golo. Já nos descontos, Vukcevic selou com o quinto golo a vitória para o Sporting que se qualificou para a final da Taça de Portugal.

"É um jogo que nunca mais vou esquecer. Fez-me ver que temos de acreditar sempre, porque, às vezes, os objetivos conseguem-se atingir", diz Tiago Raposo ainda hoje agradecido ao amigo por o ter conseguido convencer a permanecer na bancada de Alvalade para presenciar uma reviravolta histórica.

Sê o primeiro a comentar: