Visto da Bancada
Pedro Costa (nº 118)
2017-10-06 12:30:00
Antigo lateral recorda uma partida em que o Boavista recebeu um dos gigantes do futebol europeu

Recuar até ao início do século leva-nos aos anos dourados do Boavista nas competições europeias. Em 2001/02 os pupilos de Jaime Pacheco surpreenderam a Europa ao ultrapassar a primeira fase de grupos da Liga dos Campeões. Era o início do célebre “Boavistão” e quis o sorteio que na segunda fase de grupos viesse até ao Bessa uma das maiores potências do futebol mundial. E Pedro Costa não perdeu a oportunidade de ver alguns heróis ao vivo.

“Na altura era novidade”, recorda o antigo lateral sobre a receção do Boavista ao Manchester United, a 19 de março de 2002, da jornada final do Grupo A. “Ver o United com aqueles jogadores todos: o Beckham, Roy Keane, Scholes, Giggs… conseguir visualizar isso. Já para não falar na qualidade de jogo e nas dinâmicas da equipa. Foi uma delícia. Sou aficionado do Manchester United e, por isso, ainda mais maravilhado fiquei”, lembra Pedro Costa ao Bancada.

O lateral ainda pertencia aos quadros do Boavista nessa época de 2001/02, tendo estado emprestado ao FC Famalicão, e, por isso, não perdeu a oportunidade de ir até ao Bessa ver esse histórico encontro, que foi vencido pela turma inglesa, orientada pelo mítico Sir Alex Ferguson, com golos de Blanc, Solskjaer e Beckham, de penálti.

“Estava o estádio cheio e havia emoções fortes. Era uma altura em que o Boavista estava muito forte na competição. Recordo-me que acabou por perder 3-0, mas não havia muito a fazer porque a superioridade do Manchester United era mais que evidente”, salienta o antigo defesa que também passou pelo SC Braga.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa