Visto da Bancada
Lúcio Antunes (nº 212)
2018-01-19 12:30:00
A finalíssima da Taça de Portugal de 1990 foi o jogo mais marcante da vida do selecionador de Cabo Verde

No final da temporada 1989/90, Estrela da Amadora e Farense encontraram-se na final da Taça de Portugal. Depois de um empate no primeiro jogo, a decisão teve de ir para a finalíssima. Aí, o Estrela venceu por 2-0 com golos de Paulo Bento e Ricardo Lopes. Um dos espetadores na bancada do Jamor era Lúcio Antunes, atual selecionador nacional de Cabo Verde e irmão de Baroti, um dos titulares da equipa da Amadora nesse encontro.

"Nessa altura eu estava a estudar em Portugal e morava com o meu irmão, que jogava no Estrela. Vi vários jogos do Estrela e, praticamente sempre que ia aos jogos, a equipa ganhava e ele jogava bem, mas o jogo que mais me marcou foi a final da Taça porque era, de facto, uma final, foi a primeira vez que estive no Jamor e culminou com a vitória do Estrela. No primeiro jogo foi empate, tiveram de fazer uma finalíssima e estive lá outra vez", disse Lúcio Antunes ao Bancada.

Uma das melhores memórias desse dia, para Lúcio Antunes, é da ida ao balneário da equipa vencedora depois da conquista. "Fui ao balneário e nunca tinha visto jogadores tão perto. O treinador, o João Alves, o presidente... Nunca esquecerei. Foi a primeira e única Taça que o Estrela ganhou e uma das primeiras Taças que um jogador de Cabo Verde ganhou", relembrou.

E como se sentiu Lúcio Antunes ao ver o irmão Baroti levantar o troféu? Orgulhoso, claro, mas não era o único. Baroti tinha todo um país a desejar a vitória da equipa do Estrela da Amadora.

"Foi um momento de orgulho não só para mim mas para todos os cabo-verdianos. Cabo Verde inteiro estava a torcer para que o Estrela ganhasse. Eu fui ver o jogo com dois amigos que também estudavam em Portugal. Foi um momento de festa, nem sei dizer a emoção que senti nesse momento. Apertar a mão do Rebelo, do Paulo Bento... Eu só via os jogadores na televisão e, antigamente, não víamos tantos jogos como agora", admitiu. 

Sê o primeiro a comentar: