Visto da Bancada
Gabriel (nº 64)
2017-08-03 17:00:00
Antigo lateral de Sporting e FC Porto recorda o célebre golo de Kelvin que garantiu o título aos dragões

O minuto 92 do FC Porto-Benfica de 11 de maio de 2013 ficou na história do futebol português. Um remate do improvável Kelvin garantiu o triunfo dos azuis e brancos no Estádio do Dragão diante do grande rival e colocou a revalidação do título à distância de um triunfo, o que acabaria por confirmar-se para gaúdio do treinador Vítor Pereira e seus pares. Gabriel, antigo lateral-direito do FC Porto, que venceu dois Campeonatos nacionais, uma Taça de Portugal e duas Supertaças ao serviço dos dragões, não esquece este jogo, o mais intenso que viveu enquanto adepto.

"É daqueles jogos que ficam para sempre na memória", recorda o antigo defesa, que mais tarde representaria também o Sporting, sustentando: "Foi um momento único, de grande alegria para todos os portistas, até pela forma como foi conseguido e por ter sido decisivo na conquista do título."

A vitória acabou por ter maior sabor até porque o Benfica esteve a vencer, com um golo obtido por Lima aos 18 minutos. A meio da primeira parte, o FC Porto igualou através de um autogolo de Maxi Pereira e foi, então, preciso esperar até aos minutos de compensação para surgir Kelvin a decidir após passe de Liedson.

Helton; Danilo (Liedson, 84'), Otamendi, Mangala e Alex Sandro; Fernando (Defour, 73'), Lucho (Kelvin, 79') e Moutinho; James, Jackson e Varela foram os jogadores utilizados por Vítor Pereira, enquanto que do lado do Benfica, na altura dirigido por Jorge Jesus, alinharam Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e André Almeida; Matic e Enzo Pérez; Salvio, Gaitán (Roderick, 66') e Ola John (Aimar, 84'); Lima (Cardozo, 73').

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa