Visto da Bancada
Doru Pirvu (nº261)
2018-03-26 12:35:00
O dia em que Fernando Santos regressou a casa

Doru Pirvu é um romeno que chegou a Portugal há pouco mais de 20 anos e a sua paixão pelo futebol não o deixa afastar-se dos campos da bola. Trabalha no Estoril-Praia há cerca de quatro anos onde faz parte do corpo técnico de uma das equipas da formação do clube da Linha. Mas Doru não se fica por aqui, para além do emprego e dos miúdos, o apaixonado pelo desporto rei ainda arranja tempo para dar uma ajudinha na equipa de veteranos do Estoril, onde contribui, também, no corpo técnico.

O seu apego ao Estoril-Praia fê-lo ver com grande emoção o jogo que a seleção portuguesa realizou no “seu” António Coimbra da Mota, no Estoril. A seleção nacional preparava a participação na Taça das Confederações e escolheu o recinto estorilista para defrontar a congénere cipriota. Portugal venceu por 4-0 e marcaram João Moutinho, por duas vezes, Pizzi e André Silva.

“Para mim era um orgulho ver a Seleção ali no campo do Estoril, ainda para mais treinada por Fernando Santos, um antigo homem do Estoril e um amigo meu”, recordou, com algum sentimento, Doru Privu, ao Bancada que quase se sentiu ofendido quando lhe perguntámos por quem iria torcer no Mundial da Rússia: “Isso nem se pergunta. Claro que vou torcer por Portugal”, atirou.

Sê o primeiro a comentar: