Visto da Bancada
Chakall (Nº 254)
2018-03-19 12:30:00
River Plate-Atlético Tucumán teve um espetador exaltado

Um chef famoso, um amigo nervoso e um plano a não repetir. Na Argentina, todos sabemos, os jogos costumam ter uma paixão muito particular nas bancadas.

Nesta edição do “Visto da Bancada”, o chef Chakall, argentino já famoso em Portugal, traz-nos uma história de um jogo do campeonato argentino. Quem nunca viu, nem que seja na televisão, um bom forrobodó num estádio do país sul americano? Chakall recorda-nos um jogo entre River Plate, sua equipa do coração, e o Atlético Tucumán, equipa do norte do país. “O River liderava o campeonato nacional e o Atlético Tucumán fazia uma visita ao grande Momumental”, recorda, ao Bancada.

Chakall é a prova que, às vezes, é melhor conhecermos bem os nossos amigos antes de os convidarmos para ir à bola. “Nesse dia, assisti, pela primeira vez, a um jogo no estádio com o meu amigo Camilo. Era a primeira vez com Camilo e, sem dúvida, a última”, começa por desabafar Chakall, antes de acrescentar: “Começa o jogo e o meu amigo Camilo vira-se em direção contrária ao jogo e começa a insultar os adeptos da claque do Atlético Tucumán. Pensei eu: ‘Será a tradição para descomprimir a semana de trabalho’. Mas não. Nos primeiros 45 minutos, o Camilo não olhou nem uma vez para o campo de jogo. Conseguiu insultar os adeptos adversários sem respirar”.

Depois de uma pausa para refrigerantes, ao intervalo, ambos regressaram à bancada para assistir à vitória do River, por 2-0. Uma segunda parte bastante mais calma: “O Camilo sem voz e eu rezando para que a claque do Atlético Tucumán não nos encontrasse na saída do estádio”.