Visto da Bancada
César Peixoto (nº 36)
2017-07-06 19:30:00
Antigo jogador de FC Porto e Benfica elegeu jogo em Camp Nou como o melhor que já viu ao vivo

Com uma longa e titulada carreira no futebol português, César Peixoto contou ao Bancada qual foi o jogo que mais o marcou Visto da Bancada, ou seja, enquanto adepto. Aconteceu a 19 de outubro de 2016, quando o Manchester City visitou o FC Barcelona para a terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

"O que esse jogo teve de especial foi o regresso do Pep Guardiola a Camp Nou, uma casa que bem conhece e onde ganhou muitos títulos. É um treinador que eu admiro. As duas equipas estavam com o mesmo estilo de jogo, com o Guardiola a tentar impor o estilo de jogo do FC Barcelona no Manchester City. Nesse sentido, foi interessante ver as diferenças entre as duas equipas. E, depois, a vitória e a forma como o Barcelona venceu, nomeadamente com o Messi, que fez um grande jogo", disse César Peixoto ao Bancada.

O FC Barcelona acabou por golear os ingleses por 4-0, com três golos de Messi e um último de Neymar ao cair do pano. Um desfecho que o antigo internacional português, hoje retirado dos relvados e com 37 anos, considerou "surpreendente".

"Achei que ia ser renhido - e foi, até ao final da primeira parte. Duas equipas com uma forma de jogar muito igual, mas depois o FC Barcelona, a jogar perante os seus adeptos e com um Messi inspirado a fazer a diferença, conseguiu fazer um resultado dilatado de que não estava nada à espera. Mas adorei o jogo, teve uma qualidade fantástica", frisou o ex-jogador de FC Porto e Benfica.

Outro dos fatores que contribuiu para a escolha desta partida como a mais especial vista ao vivo por César Peixoto foi o clima vivido em Camp Nou, um estádio que alberga quase 100 mil espetadores.

"Estádio cheio, um ambiente fantástico para receber o Guardiola de novo... Acho que, por isto, e por ter sido um jogo importante de Liga dos Campeões com uma grande atmosfera, nomeio este como o encontro que mais gostei de ver", concluiu.