Visto da Bancada
Armando Evangelista (nº 42)
2017-07-12 17:50:00
Treinador nomeou vitória do FC Porto como o melhor jogo Visto da Bancada

Em 2014/15, sob a alçada de Julen Lopetegui, o FC Porto chegou aos quartos-de-final da Liga dos Campeões. O adversário sorteado foi o Bayern Munique, colosso alemão que prometia dificultar e muito a vida ao FC Porto. A primeira mão foi no recinto portista e a verdade é que o FC Porto venceu por 3-1, contrariando as melhores expetativas.

Armando Evangelista, antigo treinador do Vitória de Guimarães, elegeu esse jogo como o melhor que já viu enquanto adepto.

“Um dos grandes jogos que eu vi foi o FC Porto-Bayern Munique, para a Liga dos Campeões, no Dragão. Ainda com o Jackson Martínez, que fez um jogo fantástico. Foi daqueles jogos que me prendeu no início ao fim, como adepto, com uma emoção extra”, disse ao Bancada.

Com mais de 50 mil espetadores, os golos dos dragões foram apontados por Ricardo Quaresma (2) e Jackson Martínez, com Thiago Alcântara a marcar o golo de honra do Bayern Munique. Para Evangelista, a estratégia do FC Porto foi um dos fatores que ajudaram a fazer com que esta partida lhe ficasse na cabeça.

“Quando as expetativas para vencer aquele jogo caíam todas para o lado do Bayern Munique, que tinha uma super-equipa que ganhava tudo e, nesse ano, teve poucas derrotas, a forma como o FC Porto encarou o jogo e conseguiu anular a primeira fase de construção do Bayern foi qualquer coisa fantástica. Vi um avançado do FC Porto [Jackson Martínez] que fez um jogo de outro mundo”, frisou, reforçando essa ideia.

“O que me prendeu mais foi ver jogadores e craques de nível mundial do Bayern Munique e a forma como foram contrariados pelo FC Porto. Prendeu-me a atenção enquanto adepto”, concluiu Armando Evangelista. O FC Porto acabaria por ser cilindrado na Alemanha (6-1), mas a primeira mão ficou na retina de muitos adeptos azuis e brancos.