Revista de Imprensa
Pois é, Rui, nós já vimos esta história...
2018-05-04 09:30:00
Bola de Ouro? Não é Ronaldo, é Rolando!

O jornal "A Bola" garante que Rui Vitória tem um convite milionário do Al Hilal, da Arábia Saudita, e estas propostas milionárias já não são virgens: basta pensarmos nas inúmeras manchetes com propostas por Jesus, ainda no Benfica. Já vimos esta história. Várias vezes. O certo é que a época encarnada foi um desastre. O que também é certo é que o treinador tem contrato por mais duas temporadas. E para terminar: também é certo que Luís Filipe Vieira, desde o despedimento de Fernando Santos, há uns aninhos, ficou "escaldado" com despedimentos de treinadores. Posto isto, parece que só mesmo uma proposta alheia - como esta das Arábias - poderá levar Rui Vitória a fazer as malas.

"Convite das Arábias", titula o jornal desportivo, que acrescenta que a proposta é milionária, para um projeto ambicioso. O jornal cita a publicação "akhbaar 24", essa sim até a garantir que Rui Vitória até já informou os responsáveis benfiquistas de que partirá para o médio-oriente no final da temporada. Será verdade? Meia verdade? Alguém a tentar "fazer a cama" a Vitória? Impossível saber.

Deixemos os rumores, vamos à bola. No Bancada, apresentámos-lhe dois craques: um desconhecido e um que, ultimamente, tem dado nas vistas. Falamos de Rafael Camacho, jogador que tem sido chamado por Klopp, no Liverpool FC, e de Kwame N'Sor, goleador que tem passado despercebido, na Segunda Liga. 

Ainda no Benfica - e por falar em Luís Filipe Vieira -, nota para a candidatura (apontada pela imprensa como em mau timing) de Rui Gomes da Silva à presidência do Benfica. O jornal "A Bola" diz ainda que Luisão "tem promessa de renovação". Isto numa fase em que, depois da derrota com o CD Tondela, tanto se fala da incapacidade do capitão para ser opção válida nos encarnados. 

Um dos outros destaques da imprensa desta manhã é a decisão de Bruno de Carvalho. O presidente do Sporting informou que não vai para o banco no jogo com o Benfica. Disse-o apesar de... estar castigado. Seria necessário? Ou melhor, seria suposto o contrário? Será que vai pegar a moda de jogadores, técnicos e dirigentes dizerem que, estando castigados, não vão a jogo? Soa a redundância, mas adiante. 

Por cá, como habitualmente, à quinta-feira, foi dia de Opinião Bancada assinada pela redação. Foi a vez do João Pedro Cordeiro, que falou do triunfo do futebol de autor. Já o Sérgio Cavaleiro foi conhecer melhor Marco Rose, jovem treinador do RB Salzburgo

Cá dentro, de olho no fim-de-semana que pode dar título, o Sérgio Cavaleiro viu que o FC Porto já foi campeão no sofá e falou com quem já viveu essa façanha. E por falar em FC Porto, um dos clubes europeus com mais mexicanos, nota para as palavras de Hugo Sánchez, lenda do México, que falou de Jimenez, de Corona, de Herrera e de Reyes. Quem já falou do fim-de-semana foi Abel Ferreira, que abordou, de forma curiosa, a possibilidade de, um dia, o SC Braga ser campeão nacional. Já Jorge Simão, que vai defrontar o SC Braga, lembrou a passagem pelo Minho.

Já agora, ponha os olhos nisto: Piqué é fã do... FC Vizela.

Bola de Ouro? Não é Ronaldo, é Rolando!

E por falar em Salzburgo, ontem foi dia de meias-finais da Liga Europa, com o clube austríaco envolvido. E foi dia de Rolando.

O "L'Équipe" até faz manchete com "Rolando Bola de Ouro", dado que o central português fez o golo decisivo que permitiu ao Olympique Marselha chegar à final da competição europeia. E vai defrontar o Atlético Madrid, que eliminou o Arsenal.

Ainda lá fora, destaque para outro português. Carlos Carvalhal voltou a atacar com as já célebres metáforas. 

Conheça ainda a história do pub de Sean Dyche - algo que, em Portugal, seria engraçado -, recorde onze jogadores que mostraram não ter unhas para tocar a guitarra dos tubarões europeus e conheça Luigi Fresco, treinador-presidente que, 36 anos depois, subiu ao futebol profissional, em Itália.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa