Revista de Imprensa
Benfica e FC Porto amam forrobodó de Braga e Vitória surgiu em modo bravo
2018-10-07 09:30:00
É difícil de entender a inércia de Bruno Paixão.

Devem estar a adorar. Tal como destaca o jornal "O Jogo", a escorregadela do SC Braga, em casa, frente ao Rio Ave é "pimenta para o clássico". Benfica e FC Porto devem estar a esfregar as mãos, depois de um jogo, no Minho, que trouxe muito forrobodó: o teoricamente favorito SC Braga vacilou, houve um penálti por marcar aos 90+4 e cinco expulsões só no tempo de compensação. A propósito: apesar de muito bem colocado - como é habitual -, Tiago Martins não conseguiu ver penálti de Bruno Viana sobre Galeno. Tudo certo. Deveria ter visto, mas acontece. Menos compreensível é a falta de ajuda de Bruno Paixão, na Cidade do Futebol. O VAR deveria ter dado uma ajudinha a Tiago Martins, até por ter sido um lance no lado "cego", isto é, no lado que não tem árbitro assistente por perto. Difícil de entender a inércia de Paixão, dado que as imagens mostram um erro claro e não um lance de interpretação ou dúvida. Teve sorte, o SC Braga. 

O certo é que, com este empate minhoto, o clássico entre Benfica e FC Porto ganha outro "sumo". Quem ganhar salta para a liderança da Liga Portuguesa - o Benfica fá-lo-á em igualdade com os minhotos - e, segundo Jorge Jesus, em manchete no jornal "Record", são mesmo os encarnados a gozarem de maior favoritismo para este jogo.

Poderia ter evitado os já banais pedidos de respeito? Sim.

Por falar em clássico, as três manchetes destacam as palavras de Rui Vitória, que surgiu em modo agressivo, como já chegou a definir Sérgio Conceição. Dediquemos-lhe umas linhas. Questionado sobre o vazio de vitórias frente ao FC Porto, o técnico encarnado optou, como noutras ocasiões, por puxar dos galões. Parece ter sido um claro exagero do técnico - uma vez mais -, até porque a pergunta do jornalista foi legítima. Ainda assim, foi também legítima a resposta de Vitória, que preferiu falar de títulos em vez de triunfos em clássicos. Fair enough. Poderia ter evitado aquela ira? Sim. Poderia ter evitado os já banais pedidos de respeito? Sim. Poderia ter dado a volta à pergunta de forma mais hábil? Sim. Mas o que fica é uma resposta agressiva, sem necessidade nenhuma. Até porque este lado de Vitória acaba por ficar já um pouco gasto, algo que só o prejudicará quando quiser mesmo indignar-se com coisas que valem a pena.

Por outro lado, Sérgio Conceição surgiu algo apático e com pouca vontade de "dar corda" a polémicas. Ainda sobre o clássico, temos material para si: já leu as onze pistas? Já deu um olhinho no onze combinado entre águias e dragões? Já viu a novidade nos convocados do Benfica? E a ausência no FC Porto?

Não parece, mas hoje também há Sporting, em Portimão. José Peseiro voltou a não fugir das polémicas e fez declarações curiosas sobre as acusações a Cristiano Ronaldo. E houve um raspanete a Acuña. Por cá, houve bola. O Vitória de Setúbal despachou o Moreirense. Ou melhor, Hildeberto despachou o Moreirense. Na Madeira, o outro Vitória também se safou bastante bem

Lá fora, atenção: hoje há jogaço, em Inglaterra. O Sérgio Cavaleiro esteve a pensar nisso e escreveu umas linhas. E por falar em Inglaterra, destaque para José Mourinho, que ainda respira, para Nuno, que voltou a vencer, e para Marco Silva, que bateu o golaço de Ricardo

Vamos a umas rondas rápidas: Real Madrid e Lopetegui sofrem em Espanha, Ronaldo voltou a marcar em Itália, o Bayern continua a não saber bem o que faz, na Alemanha, e o FC Dallas armou-se em Barcelona, na MLS.

Por fim, duas trivialidades: 1- já viu a lista de onze jogadores acusados de violação? 2- conhece a história do craque que veio do Youtube?

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa