Prolongamento
Vídeo: Mourinho ajuda a distribuir bens essenciais a idosos
2020-03-24 09:55:00
Gesto do português em Londres deixa britânicos rendidos

O espírito solidário tem sido patente em muitas das personalidades do futebol. De clubes a jogadores, treinadores, médicos e staff técnico, a mundo da bola está unido para ajudar as autoridades de saúde a enfrentar a Covid-19. Com apoio financeiro, de material ou mesmo o trabalho solidário, muitas têm sido as figuras do desporto que vão revelando exemplos de humanindade.

José Mourinho decidiu juntar-se ao grupo e num gesto de caridade em tempos de crise de saúde decidiu ir ele mesmo ajudar a distribuir bens essenciais para os idosos.

Mourinho visitou as instalações da organização de solidariedade Age UK, em Enfield, na segunda-feira, e ajudou na preparação de sacos com bens alimentares e outros produtos como gel desinfetante, para depois ser entregue ao domicílio, em colaboração com a organização Love Your Doorstep.

"Estou aqui para ajudar e claro podem doar comida, dinheiro ou até serem voluntários. É fácil entrarem em contacto", afirmou o 'Special One', que decidiu sair de casa para ajudar aqueles que, de acordo com as organizações de saúde, mais estão perante o risco da Covid-19, a população mais idosa.

“Qualquer ajuda que alguém possa dar pode fazer uma enorme diferença na vida das pessoas agora. Devemos todos pensar no que podemos fazer para nos ajudarmos uns aos outros, porque há muitas pessoas vulneráveis que podem enfrentar dificuldades durante o período que temos pela frente”, acrescentou Mourinho.

Numa altura em que a pandemia se vai alastrando pelo Reino Unido, o gesto do português deixou, naturalmente, os britânicos encantados.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 308 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 13.400 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.