Prolongamento
"Não posso sequer comprar pão para a minha esposa", diz ex-presidente do Barça
2019-02-20 11:40:00
Rosell está preso pela suspeita de crimes de branqueamento de capitais e associação criminosa

Sandro Rosell, antigo presidente do Barcelona, está preso preventivamente e continua a clamar por inocência. O ex-dirigente do conjunto blaugrana revela que atualmente a situação é de tal forma delicada que nem consegue "sequer comprar pão para a esposa".

"Roubaram-me dois anos com os meus pais, quando mais precisam de mim porque são idosos. E também das minhas filhas", disse o ex-presidente do Barça.

E acrescenta: "Apreenderam-me tudo, não posso pagar sequer comprar um pão para a minha esposa, que tem aguentado tudo isto como uma heroína. Tenho toda a minha vida estagnada."

Rosell está preso há 637 dias devido a suspeitas de crimes de branqueamento de capitais e associação criminosa.

Em entrevista à RAC1, o antigo presidente do Barça reitera estar "100 por cento inocente".

Além de Rosell também Ricardo Teixeira, antigo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), está preso por alegadas ilegalidades relacionadas com comissões de direitoes audiovisuais que eram, supostamente, depois enviadas para paraísos fiscais.

"Estou indignado, passei por todos os estados: dúvida, surpresa, indignação. E ainda hoje os meus advogados entendem que esta é uma situação surreal. A minha família está triste e indignada."

Rosell está detido desde maio de 2017, altura em que o Supremo Tribunal de Espanha expediu uma ordem de prisão. 

Sê o primeiro a comentar:
Tags: