Prolongamento
FIFA prolonga suspensão ao presidente da federação afegã
2019-03-12 15:00:00
Dirigente é suspeito de abusos sexuais sobre jogadoras da seleção feminina do Afeganistão

O presidente da federação afegã de futebol, Keramuudin Karim, acusado de abuso a futebolistas femininas, vai continuar suspenso da modalidade por mais 90 dias, revelou hoje a FIFA.

Keramuudin Karim já tinha sido suspenso pelo Comité de Ética da FIFA em dezembro, com o organismo a prolongar agora a sanção, num processo em que o dirigente é suspeito de abusos sexuais sobre jogadoras da seleção feminina do Afeganistão.

“Karim continuará banido do todas as atividades relacionadas com o futebol, quer a nível nacional, como internacional”, refere a nota da FIFA.

No último ano, a equipa afegã denunciou o caso, e a FIFA tinha sido informada dos alegados abusos na sede da Federação, em Cabul, e num campo de treino, na Jordânia.

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, também ordenou a abertura de um inquérito.

Sê o primeiro a comentar: