Prolongamento
"Absurdo". Júlio Mendes e as suspeitas com patrocínio nas camisolas do Vitória
2019-10-29 15:20:00
Ex-presidente arguido no âmbito do processo 'Éter' onde o ex-líder do Turismo do Porto e Norte de Portugal é suspeito

Júlio Mendes, ex-presidente do Vitória de Guimarães, nega que o patrocínio do Turismo do Porto e Norte de Portugal nas camisolas da equipa vitoriana na final da Taça de Portugal tivesse como contrapartida um apoio daquela entidade a uma candidatura de Mendes à liderança da Liga de Clubes.

"Tenho a consciência tranquila. O que fez a administração do clube foi entregar o patrocínio das camisolas para a final da Taça e para um jogo do campeonato à entidade que fizesse a melhor oferta, no caso o Turismo do Porto e Norte", afirmou Júlio Mendes, em declarações ao 'Tribuna Expresso'.

Constituído arguido por alegado tráfico de influências, no âmbito da operação 'Éter', Júlio Mendes explica ainda ser "absurda" a teoria de que o patrocínio do Turismo do Porto e Norte de Portugal fosse uma espécie de 'moeda' de troca para um favorecimento posterior.

"A tese da troca de favores é peregrina e não tem pernas para andar", referiu Júlio Mendes.