Portugal
Vitória de Guimarães regressa aos triunfos com golos vistosos
2020-06-30 21:35:00
Vitória de Setúbal termina encontro reduzido a oito elementos

O Vitória de Guimarães encerrou hoje um ciclo de quatro jogos sem triunfos, ao receber e vencer o Vitória de Setúbal por 2-0, com dois golos vistosos, em partida da 29.ª jornada da I Liga.

Os vimaranenses dominaram quase sempre uma partida disputada com ritmo baixo e selaram o triunfo com tentos de Marcus Edwards, após lance individual, aos 29 minutos, e de Ouattara, num ‘chapéu', aos 83, frente a um adversário que terminou o jogo reduzido a oito elementos, face às expulsões de Leandrinho (70), Guedes (90+2) e Sílvio (90+4).

O resultado permitiu aos vimaranenses ficarem a dois pontos do quinto lugar, ocupado pelo Famalicão, que perdeu hoje na receção ao Portimonense (1-0), e deixou os sadinos, sem triunfos há 11 jogos, no 14.º lugar, a três pontos da zona de despromoção, onde está precisamente a turma de Portimão (17.ª posição).

O jogo começou praticamente com uma grande penalidade desperdiçada pelos anfitriões: após derrubado por Sílvio no interior da área sadina, André André atirou rasteiro, ao lado da baliza de Lucas Paes, guarda-redes brasileiro, de 22 anos, que se estreou hoje a titular, face ao castigo de Makaridze, a opção mais habitual.

Sem vencer há 10 jornadas, a formação setubalense apareceu em Guimarães com um posicionamento adiantado sem bola e foi melhor nos primeiros 15 minutos, mas o Vitória minhoto começou a ‘empurrar' o jogo para o meio-campo contrário, tentando desequilibrar a partir das alas, por Ola John e Marcus Edwards.

O golo inaugural da partida surgiu mesmo dos pés do inglês, aos 29 minutos: após receber a bola a meio do meio-campo sadino, o extremo progrediu até à área, ultrapassou Semedo e Jubal e ‘fuzilou', com o pé esquerdo, as redes contrárias.

O treinador setubalense, Julio Velázquez substituiu Carlinhos por Nuno Valente, quatro minutos após o golo, mas a turma de Guimarães continuou a dominar a partida, com Bruno Duarte a falhar, por centímetros, a ‘emenda' para o segundo golo, ao minuto 38.

A segunda parte começou com uma toada semelhante à da primeira, com a turma anfitriã a circular a bola por mais tempo, mas o Vitória de Setúbal finalmente criou perigo, quando Jubal, na sequência de um canto batido aos 58 minutos, rematou ao lado da baliza de Douglas.

O encontro prosseguiu ‘morno', com os sadinos a ficarem reduzidos a 10 elementos, aos 70 minutos, quando Leandrinho atingiu a perna de André André com a sola da chuteira, a meio-campo.

A partir daí, o Vitória de Guimarães desperdiçou três ocasiões, até o burquinês Ouattara, em posição frontal à baliza, ainda fora da área, bater Lucas Paes com um ‘chapéu' e sentenciar a partida.

Incapaz de reagir, a equipa de Setúbal ficou ainda prejudicada para a receção ao Paços de Ferreira, na próxima ronda, com Guedes a ver o cartão vermelho direto após atingir Suliman, num lance sem bola, e Sílvio a ser expulso, após falta, por trás, sobre Ouattara.

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória de Guimarães - Vitória de Setúbal, 2-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Marcus Edwards, 29 minutos.

2-0, Ouattara, 83.

Equipas:

Vitória de Guimarães: Douglas, Sacko, Frederico Venâncio, Suliman, Florent, Mikel Agu, Pepê (Dénis Poha, 46), André André (André Almeida, 81), Marcus Edwards (Rochinha, 86), Ola John (Davidson, 65) e Bruno Duarte (Ouattara, 65).

(Suplentes: Jhonatan, Victor Garcia, Dénis Poha, Lucas Evangelista, André Almeida, Rochinha, Ouattara, Davidson e João Pedro).

Treinador: Ivo Vieira.

 Vitória de Setúbal: Lucas Paes, Sílvio, Jubal, Artur Jorge, André Sousa, Semedo, Leandrinho, Éber Bessa (Mansilla, 79), Carlinhos (Nuno Valente, 34), Berto e Guedes.

(Suplentes: João Valido, Bruno Pirri, João Meira, Leandro Vilela, Nuno Valente, Mathiola, Montiel, Alex e Mansilla).

Treinador: Julio Velázquez.

Árbitro: Gustavo Correia (Associação de Futebol do Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Artur Jorge (52). Cartão vermelho direto para Leandrinho (70), Guedes (90+2) e Sílvio (90+5).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.