Portugal
Villas-Boas: "Portugal tem a vantagem de ser um 'outsider' no Mundial"
Redação Bancada
2018-03-13 13:15:00
"A ambição é estarmos entre os quatro primeiros na Rússia", referiu André Villas-Boas.

André Villas-Boas salientou, esta terça-feira, que Portugal parte com vantagens para o Mundial de 2018, na Rússia, por ser visto com um estatuto de 'outsider'. "Nós temos a vantagem de ser um 'outsider'. Nunca esperam que ganhemos o Mundial e com esse estatuto chegámos sempre longe", considerou o treinador em declarações à agência EFE.

A equipa das quinas vai marcar presença na fria Rússia este verão com o estatuto de campeão europeu em título, conquista de 2016, e a ambição deverá ser ficar entre os quatro primeiros, nas palavras de Villas-Boas. "Ganhámos o Europeu e a nossa ambição é estarmos entre os quatro primeiros na Rússia, que é o que dignifica a nossa equipa, dignifica o Cristiano Ronaldo, que é o melhor jogador do mundo, e dignifica o nosso país. Essa é a nossa ambição, chegar às meias-finais e sonhar com a chegada à final."

A Seleção Nacional está inserida no grupo B do Mundial, com Espanha, Irão e Marrocos, e o trabalho das gerações mais jovens permite continuar a sonhar, de acordo com Villas-Boas. "Foi muito importante para nós termos ganhado o Europeu e isso vai dar-nos outros 20 anos de uma geração muito forte. O trabalho dos jovens é muito bom e pode ser que algum dia esse Mundial chegue."

No que toca ao futuro enquanto treinador, Villas-Boas preferiu não levantar muito o véu. "Agora, vai abrir o mercado de treinadores, que é sempre agitado em abril e há que esperar para ver o que se passa. Não tenho pressa, tenho de escolher algo que me entusiasme."

Sê o primeiro a comentar: