Portugal
"Vai ser um jogo de nervos e há que os saber controlar", antevê Sandro Mendes
2019-03-31 14:15:00
Partida encerra a 27.ª jornada da Liga

O treinador do Vitória de Setúbal, Sandro Mendes, antevê um "jogo de nervos" no reduto do Feirense, na partida que encerra na segunda-feira a 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Nas declarações prestadas em Lousada, onde os sadinos estão a estagiar desde quinta-feira, o técnico considerou que o facto de as duas equipas estarem a lutar pela fuga à despromoção vai ter influência no desenrolar do jogo.

"O Feirense [último classificado] está numa posição má e nós não estamos numa posição muito melhor [15.º]. Vai ser um jogo de nervos e há que os saber controlar. Faremos tudo para a concentração, o empenho, o querer e a qualidade estarem presentes. Temos um jogo muito difícil, mas a entrega será a 101% para podermos regressar a Setúbal com os três pontos”, disse.

Apesar de o conjunto de Santa Maria da Feira ocupar o último posto [18.º] e não vencer desde a segunda jornada da prova, o timoneiro dos setubalenses reconhece qualidade ao oponente.

“O Feirense tem feito bons jogos. Fê-lo contra equipas ‘grandes' e dificultou ao máximo a vitória desses adversários. Quando têm bola, sabem o que fazer com ela. Têm jogadores com qualidade e vão-nos dificultar a missão”, alertou.

Para conseguir vencer e colocar um ponto final numa série de 15 jornadas que o Vitória de Setúbal leva sem triunfar no campeonato, Sandro Mendes sublinha a necessidade de a equipa não ter falhas de concentração.

"É exigido o mesmo de sempre: máxima concentração e controlo da ansiedade. Não podemos perder tempo nem forças com algo que não podemos controlar. Temos de nos centrar só na nossa união e saber o que estamos a fazer em campo. Quanto ao resto, os jogadores têm correspondido de uma forma natural e fantástica", referiu.

Em Santa Maria da Feira, são esperados cerca de 500 adeptos vitorianos e Sandro Mendes reconhece que a energia que chega à equipa das bancadas representa um estímulo para os jogadores.

"Tenho vindo a frisar que os nossos adeptos são o nosso 12.º jogador, o nosso melhor jogador. Nunca nos deixaram sós e temos de agradecer por isso. Mesmo no momento em que estamos, nunca nos abandonaram. A prova é que num dia de trabalho, mas estarão em bom número para nos apoiar. Nós também temos ainda mais vontade de dar o que eles querem e que todos nós queremos", vincou.

André Pedrosa, Mikel Agu e Alex Freitas, jogadores que estão a cargo do departamento médico, são as baixas dos vitorianos na partida de segunda-feira.

Feirense, 18.º classificado, com 15 pontos, e Vitória de Setúbal, 15.º com 25, defrontam-se na segunda-feira, a partir das 20:15 horas, no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, em partida da 27.ª jornada da I Liga de futebol.

Sê o primeiro a comentar: