Portugal
"Uma vitória ajudava-nos a encarar os próximos jogos com mais tranquilidade"
2019-11-07 17:15:00
Vítor Oliveira quer cimentar recuperação pontual do Gil Vicente no campeonato

O treinador Vítor Oliveira mostrou-se hoje convicto de que o Gil Vicente dará continuidade à recuperação na I Liga na visita ao terreno do Desportivo das Aves, na sexta-feira, no jogo inaugural da 11.ª jornada.

"Mais do que um ponto de viragem, queremos que seja um ponto de consolidação. Uma vitória ajudava-nos a encarar os próximos jogos com mais otimismo e tranquilidade, o que é muito importante nesta fase do campeonato e entre estas equipas", referiu o técnico, na conferência de antevisão ao desafio, no Estádio Cidade de Barcelos.

Após oito rondas sem triunfos, os minhotos voltaram a vencer para o campeonato na receção ao Marítimo (2-0) e alargaram distâncias para a zona de despromoção, mas Vítor Oliveira recusa "facilitismos de qualquer espécie" no embate com o lanterna-vermelha da prova.

"O objetivo das duas equipas é o mesmo, mas nenhuma tem feito um campeonato de acordo com aquilo que pretendia. Temos oito a 10 equipas muito equilibradas, calculistas e bem preparadas, que vão tentar fugir às últimas duas posições. Os jogos decidem-se nos detalhes, pelo que não queremos, não podemos, nem devemos facilitar", alertou.

Atribuindo "pouco significado" ao triunfo gilista sobre os avenses para a Taça da Liga (3-2), em 03 de agosto, Vítor Oliveira distribuiu elogios ao técnico interino Leandro Pires, que orienta o Desportivo das Aves depois da saída de Augusto Inácio.

"O Aves mudou para um treinador jovem, que foi meu jogador, era um profissional brilhante e um homem de grande caráter. Quando se muda de técnico, a equipa liberta-se de algumas tensões e tenta melhorar, mas, se as coisas não acontecerem, voltamos ao mesmo. É natural que haja novas ideias, conceitos e princípios de jogo. Esperamos uma equipa motivada, a dar uma importância transcendental a esta partida", analisou.

Perante um duelo entre duas formações posicionadas na segunda metade da classificação, Vítor Oliveira realçou a necessidade de o Gil Vicente somar pontos fora de casa, após desaires consentidos diante de Moreirense (3-0), Benfica (2-0), Santa Clara (1-0) e Famalicão (2-1).

"Já conversei com os jogadores sobre o Aves, mas temos de nos focar na nossa equipa. Se o Aves jogar pouco e nós ainda jogarmos menos, a probabilidade de ganharmos é menor. Queremos mostrar que somos capazes de conseguir bons resultados fora de casa e temos de estar ao nosso melhor nível, se quisermos trazer pontos das Aves", concluiu.

Os dois emblemas apenas se cruzaram na elite do futebol português durante a temporada 2000/01, repartindo uma vitória caseira para cada lado.

O Gil Vicente, 14.º colocado, com 10 pontos, visita o Desportivo das Aves, na 18.ª e última posição, com três, na sexta-feira, às 20:30, no Estádio do CD Aves.