Portugal
UD Leiria eliminada da Taça de Portugal na secretaria
2018-10-05 18:45:00
Nailson Medeiros foi expulso na 1.ª eliminatória da Taça de Portugal e a FPF diz que não poderia ter jogado na 2.

Mais um caso bizarro no futebol português. Mais um caso em que a fortuna de um clube foi deixada ao sabor das interpretações dos regulamentos das competições, quanto a nós, pouco claros. Desta feita foi a UD Leiria a ver-se afastada da Taça de Portugal na secretária por ter utilizado um jogador que tinha sido expulso na eliminatória anterior.

O que aconteceu foi o seguinte: a 9 de setembro, a UD Leiria foi a Castelo Branco defrontar o Benfica local. A equipa liderada por Tiago Vicente acabaria por vencer por 2-1, mas ficou sem Nailson Medeiros, uma vez que o central brasileiro foi expulso após acumulação de cartões amarelos. O primeiro aos 19 minutos e o segundo aos 59. Até aqui tudo bem. O pior veio depois.

Conseguimos perceber, pela ficha de jogo, que Nailson Medeiros não participou na partida que se seguiu ao jogo em que foi expulso. A UD Leiria recebeu, a 16 de setembro, o Sertanense, em jogo a contar para a quinta jornada da Série C do Campeonato de Portugal, venceu e Naílson não constou na ficha de jogo. Não conseguimos confirmar, no entanto, que na base desta ausência estivesse a expulsão no jogo anterior, o clube leiriense recusou-se a comentar a situação, por agora.

A verdade é que o jogador brasileiro não atuou no primeiro jogo oficial após a expulsão. Nailson Medeiros voltou a ser titular na partida da sexta jornada do Campeonato de Portugal, que terminou com a derrota leiriense aos pés do CD Fátima por 3-2, e foi também titular no encontro da segunda eliminatória da Taça de Portugal, que a UD Leiria venceu, por, 3-0, frente ao FC Vale Formoso. E é aqui que surge o problema.

Na passada quinta-feira (4 de outubro), a administração da UD Leiria - Futebol, SAD emitiu um comunicado a informar sobre a eliminação, na secretaria, da Taça de Portugal. Na base da decisão da Federação Portuguesa de Futebol está a utilização indevida de Nailson Medeiros. No mesmo comunicado, a SAD da UD Leiria avançou com a abertura de um "inquérito disciplinar interno para apurar responsabilidades relativamente a este caso."

Leia o comunicado da UD Leiria - Futebol, SAD na íntegra:

"Boa noite a todos os Unionistas, simpatizantes da UD Leiria, jogadores e técnicos.

Cabe-nos informar com enorme pesar que acabamos de receber a informação da Federação Portuguesa de Futebol eliminando-nos da Taça de Portugal após utilização indevida de um jogador.

Fomos punidos com derrota frente ao Futebol Clube de Vale Formoso, por quem nós criámos enorme estima e ao qual desejamos todo o sucesso, e multados na sequência do castigo.

Infelizmente saímos de uma competição para a qual tínhamos grandes aspirações. Contudo, neste momento, foi aberto um inquérito disciplinar interno para apurar responsabilidades relativamente a este caso.

Assim que estiver finalizado informaremos a família Unionista."

Ora, de acordo com o ponto 2. do artigo 25.º - A do Regulamento Disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol "o jogador punido com a suspensão por jogos fica impedido de participar em quaisquer jogos previstos nas alíneas a), b) e c) do Art. 1º, enquanto a suspensão não for cumprida." No artigo 1.º pode ler-se:

"Para efeitos disciplinares consideram-se jogos oficiais:

a) Os jogos integrados nas provas organizadas pela FPF;
b) Os jogos integrados nas provas organizadas pela LPFP;
c) Os jogos integrados em provas organizadas pelas Associações Distritais e Regionais;
d) Os jogos particulares integrados em torneios autorizados pela FPF, pela LPFP ou pelas Associações Distritais e Regionais;
e) Os jogos particulares em que intervenham árbitros designados pela FPF, pela LPFP ou pelas Associações Distritais e Regionais."

Sendo o Campeonato de Portugal uma competição integrada nas provas organizadas pela FPF levanta-se uma questão. Porque não considerou, a FPF, o jogo que a UD Leiria realizou frente ao Sertanense. Partida essa em que Nailson Medeiros não participou.

Mas a UD Leiria não é caso único nesta confusão. Aconteceu o mesmo com o Vasco da Gama, que na primeira eliminatória viu José Maria Navas ser expulso após acumulação de amarelos. O jogador não participou no jogo para o Campeonato de Portugal que se seguiu à expulsão, derrota diante do Armacenenses, mas foi titular no encontro da segunda eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Estoril-Praia, que terminou com a derrota do Vasco da Gama por 1-0. Tivesse a equipa da Vidigueira vencido e seria eliminada da secretaria, assim como foi a UD Leiria.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa