Portugal
"Temos o VAR dos ricos e o VAR dos pobres?", questiona presidente do Boavista
2020-01-12 11:25:00
Vítor Murta com queixas da arbitragem no duelo frente ao Famalicão

O presidente do Boavista mostra-se desagradado com o videoárbitro (VAR) e deixou fortes críticas à arbitragem no duelo frente ao Famalicão, que a turma minhota venceu por 1-0.

"Se os árbitros estão manietados por um instrumento chamado VAR, então está tudo mal. Já viram a quantidade de erros a que temos assistido sem nada fazer? Há que mudar qualquer coisa", realçou Vítor Murta, presidente do Boavista, que alega que o golo do Famalicão nasce "de uma falta sobre o Paulinho a anteceder esse lance capital do jogo".

O líder dos axadrezados explicou ainda que falou com o árbitro e desagradou-lhe a justificação que recebeu.

"Falei com o árbitro e mostrei o meu desagrado. O VAR não pode analisar o lance porque a bola bateu na cabeça do Neris. Mas o que é isso? E onde está a verdade desportiva? Estamos a estragar o futebol com este tipo de protocolos. Já tínhamos os advogados dos ricos e os dos pobres, agora temos o VAR dos ricos e o VAR dos pobres?..."

Vítor Murta queixou-se ainda de uma grande penalidade que, em seu entender, ficou por assinalar a favor dos boavisteiros.

O presidente das 'panteras' apontou para "uma mão na área adversária, não sancionada pelo árbitro e pelo VAR".