Portugal
"Temos entrado mal nos jogos, queremos ser mais regulares"
2019-08-30 18:10:00
Vítor Oliveira quer Gil Vicente mais "concentrado" diante do Vitória de Setúbal

O treinador Vítor Oliveira avisou hoje que o Gil Vicente necessita de retificar as más entradas em campo, a começar na receção ao Vitória de Setúbal, no sábado, da quarta jornada da I Liga de futebol.

"A falta de concentração faz parte de uma equipa que ainda não tem um conhecimento profundo de si mesma. Temos entrado mal nos jogos e as falhas de concentração e de organização na primeira hora de jogo deram-nos custos elevados. Os jogos anteriores começaram aos 30 minutos e queremos ser mais regulares. Acautelámos isso durante a semana e veremos amanhã se resultou em pleno", analisou o técnico, na conferência de antevisão à partida, realizada no Estádio Cidade de Barcelos.

Vítor Oliveira reconheceu qualidades no Vitória de Setúbal, "uma equipa tradicionalmente difícil fora de casa" e da "mesma igualha" do conjunto barcelense, apesar de ainda não ter marcado nem vencido no campeonato.

"Ainda não fez golos, mas só sofreu com o FC Porto. É uma equipa sólida em termos defensivos e com algumas dificuldades a atacar. Isso acontece com quase todas as equipas do futebol português, mas nem todas são tão sólidas como o Setúbal em termos defensivos. É um jogo entre equipas com os mesmos objetivos e marcar primeiro será muito importante, até para nos tranquilizarmos e podermos exteriorizar as nossas capacidades", afiançou.

Numa altura em que Sandro Mendes pode realizar o último jogo como treinador do Vitória de Setúbal em Barcelos, Vítor Oliveira desvalorizou as implicações que essa hipótese possa acarretar junto do plantel sadino.

"A questão do Sandro passa ao lado dos jogadores, mas despedir um treinador à quarta jornada é um atestado de incompetência aos diretores do clube. O Sandro fez uma campanha fantástica no ano passado e provou que é uma pessoa competente. Não é num mês que passa a incompetente", avaliou.

A poucos dias do encerramento do mercado de transferências, o técnico admitiu que trabalha com o "plantel possível" para a realidade do Gil Vicente e aguarda pela colocação de "um ou dois jogadores" em emblemas da II Liga.

"É evidente que nunca estamos satisfeitos e queremos sempre mais. Estamos contentes com os jogadores que temos e pensamos que são os suficientes para enfrentarmos este campeonato longo e difícil e chegarmos ao fim com os objetivos cumpridos", concluiu.

O conjunto barcelense leva vantagem no confronto direto com os sadinos, tendo vencido 12 dos 26 duelos para o campeonato, oito dos quais na condição de visitado.

O Gil Vicente, 11.º colocado, com quatro pontos, recebe o Vitória de Setúbal, na 16.ª e antepenúltima posição, com dois, no sábado, a partir das 21:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa