Portugal
TAD mantém castigo a diretor do Benfica
2019-09-03 19:45:00
Luís Bernardo com suspensão de 45 dias

O diretor de comunicação do Benfica, Luís Bernardo, vai ter de cumprir a suspensão de 45 dias que lhe foi aplicada pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol, depois do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) ter rejeitado o recurso dos encarnados.

Luís Bernardo tinha sido castigado por criticar a arbitragem, na sequência da vitória do FC Porto no dérbi frente ao Boavista, a 18 de dezembro de 2018.

"Uma vitória suja numa liga sem verdade desportiva", considerou o dirigente do Benfica, referindo ainda o "espetáculo degradante de insultos, ameaças e pressões sobre tudo e todos que infelizmente parecem estar a resultar".

Afirmando que os dragões estavam a ser "claramente beneficiados", Luís Bernardo aludiu ainda a "uma espécie de regresso a um passado de triste memória".

As críticas valeram o castigo do CD, do qual o Benfica recorreu para o TAD, que agora deu razão ao órgão federativo.

"Conclui que as expressões em causa assumem natureza desrespeitosa, difamatória ou injuriosa e vão muito além da liberdade de expressão e colocam o bom nome, reputação e credibilidade das instituições (nomeadamente a Liga) em casa", considerou o TAD, validando o castigo ao diretor do Benfica.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa