Portugal
Suspensão do fim da II Liga "será uma notícia um pouco precoce"
2020-06-02 19:15:00
Especialista em direito desportivo analisa recurso do Cova da Piedade

Luís Cassiano Neves, especialista em direito desportivo, avisou que o Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não deu razão ao Casa Pia quanto ao recurso que suspendeu o final antecipado da II Liga.

Em declarações à 'Bola Branca', da Renascença, o perito salientou que o CJ 'apenas' deu entrada à ação da equipa de Almada que, por visar a decisão de terminar com a II Liga, teve um efeito suspensivo sobre a mesma.

"Será uma notícia um pouco precoce", considerou.

"O CJ não terá decidido ainda e o que me parece é que existe um despacho de admissão do recurso, que reconhece o que resulta dos regulamentos: a interposição do recurso tem um efeito suspensivo sobre a decisão questionada", explicou.

De acordo com o especialista, a questão em si não é a decisão de terminar antecipadamente a II Liga (a qual levou à descida do Cova da Piedade, a par do Casa Pia), mas sim quem tem legitimidade para a tomar.

"A questão essencial é a da competência (...), se era da direção da Liga, na decorrência do que foram as decisões governamentais, ou se era da assembleia geral", sustentou o especialista.

Tags: