Portugal
Sporting vai à FIFA e quer receber 45 milhões de euros de Rafael Leão
Redação Bancada
2018-08-09 17:35:00
Em causa está o alegado "inaceitável comportamento" do jogador, do pai e do novo clube, o Lille OSC

O Sporting anunciou, em comunicado enviado às redações, que, "face ao inaceitável comportamento do Lille OSC, do agente e do pai do atleta do Rafael Leão", vai apresentar uma participação na FIFA. Os leões pretendem uma indemnização de 45 milhões de euros por parte do jovem avançado que rescindiu de forma unilateral e também do Lille OSC. O valor é referente à cláusula de rescisão que Rafael Leão tinha no contrato com o Sporting.

No mesmo documento, o clube de Alvalade revelou ainda que vai "participar da falta de ética profissional do referido agente junto da Associação Nacional de Agentes de Futebol (ANAF) e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por recusar inexplicável e irresponsavelmente" os contactos para negociações com o Sporting, que lamenta ainda "que o pai do atleta tenha igualmente contribuído para pôr em risco o futuro desportivo do atleta".

Leia o comunicado na íntegra:

Face ao inaceitável comportamento, que repudiamos, do Lille Olympique Sporting Club Métropole, do agente e do pai do atleta Rafael Leão, o Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal Futebol SAD deliberou, por unanimidade:

1 - Apresentar uma participação na FIFA com pedido indemnizatório ao atleta e ao Clube correspondentes à cláusula de rescisão de 45 ME, acrescidos de vencimentos e outros encargos, e o pedido de aplicação de sanções desportivas a ambos;

2 - Participar da falta de ética profissional do referido agente junto da Associação Nacional de Agentes de Futebol (ANAF) e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por recusar inexplicável e irresponsavelmente qualquer contacto para uma negociação séria com a SCP - SAD, apesar de reiteradamente solicitado para tal;

3 - Lamentar que o pai do atleta tenha igualmente contribuído para pôr em risco o futuro desportivo do atleta pela idêntica e inaceitável recusa de um
diálogo substancial e construtivo com a SCP-SAD.

Lisboa, 09 de Agosto de 2018
O Conselho de Administração da Sporting SAD

Sê o primeiro a comentar: