Portugal
Sérgio Conceição lembra final do Euro'16 e Jorge Jesus para explicar expulsão
Redação Bancada
2018-12-06 12:55:00
A antevisão de Sérgio Conceição ao encontro com o Portimonense.

O FC Porto recebe o Portimonense na sexta-feira, em jogo da Primeira Liga, mas foi a expulsão de Sérgio Conceição no Bessa que voltou a estar em destaque, com o treinador dos dragões a recorrer ao golo de Eder pela Seleção Nacional na final do Europeu 2016 e ao amigo Jorge Jesus para explicar os festejos do golo marcado na reta final contra o Boavista.

"Não contava, sinceramente, que o Boavista não jogasse futebol. Outro candidato ao título [Benfica] foi ao Bessa no início de época e o Boavista fez 12 faltas. Contra nós fez mais do dobro. As que foram assinaladas... Aquilo não foi um jogo de futebol, foi uma batalha. Quando fizemos golo aos 95', comemoro. Com um palavrão pelo meio, é verdade", referiu o treinador do FC Porto em conferência de imprensa.

"Dou-vos um pequeno exemplo. Antes de vir para aqui, estava a pensar no golo do Eder [final do Euro'16]. Nós que somos portugueses, ninguém soltou um palavrão quando festejámos? São capazes de dizer que não? Só se estivessem na missa... Não é normal? Claro. Num momento mais efusivo, os golos do Eder, para mim, são todos os jogos do FC Porto. Vivido com emoção, com paixão. Que querem que eu faça? Não consigo ser de outra forma. Têm que me meter numa jaula ou algo do género. O que é que eu fiz de mal? Saltei, soltei um palavrão, mas o que é que eu disse de mais? 'Tomem', qualquer coisa...", prosseguiu Sérgio Conceição, lembrando ainda a forma efusiva como Jorge Jesus também vive o futebol e não ser expulso.

O técnico dos azuis e brancos prepara-se para defrontar um treinador que conhece bem, António Folha, mas preferiu dar maior destaque às equipas. "É difícil que possamos surpreender-nos um ao outro. Não vai ser um confronto Sérgio Conceição-Folha, mas sim FC Porto-Portimonense. Falamos sempre do que é a equipa. Há uma dinâmica para o jogo e uma preparação que depende de nós."

Sérgio Conceição lembrou ainda a dificuldade dos duelos com o Portimonense na temporada passada. "O Portimonense fez-nos sempre golos, apesar de conseguirmos ganhar. Tem qualidade individual, um treinador que conhece bem esta casa, conhece-me bem a mim. Vai ser um jogo difícil, mas temos de assumir as despesas e essa responsabilidade de tentar ganhar os três pontos, extremamente importantes na nossa caminhada", salientou.

 

Sê o primeiro a comentar: