Portugal
"Sentia que o clube estava a ser lesado, mas vou cumprir o contrato até ao fim"
2019-11-02 14:05:00
Vítor Oliveira garante continuidade no comando técnico do Gil Vicente

O treinador Vítor Oliveira assegurou hoje a permanência no comando técnico do Gil Vicente, em vésperas de receber o Marítimo, na 10.ª jornada da I Liga de futebol, após uma reunião com a direção do clube.

"Foi uma conversa muito simples. Não posso contar nada, mas sentia que o clube estava a ser lesado com a minha presença. Discutimos essa situação, entendemos que não era tanto assim e vou cumprir o contrato até ao fim, como normalmente faço por onde tenho passado", referiu o técnico, na conferência de antevisão ao duelo de domingo, no Estádio Cidade de Barcelos.

Depois de ter sido expulso na derrota sofrida em Famalicão (2-1), na quarta-feira, para a nona jornada do campeonato, Vítor Oliveira criticou a arbitragem e admitiu ter pedido uma reunião com o presidente Francisco Dias da Silva para analisar a continuidade ao leme do emblema de Barcelos.

"No dia seguinte os jogadores manifestaram-se. É evidente que sentir o apoio deles é sempre importante nestas alturas, mas a situação estava muito clara na minha cabeça e na cabeça do presidente. Discutimos, acertámos as coisas, comunicámos aos jogadores e agora vamos todos juntos tentar voltar às vitórias e recolocar o clube numa posição de alguma estabilidade, que lhe permita encarar o futuro de uma forma mais feliz", completou.

Pela frente surge o Marítimo, numa partida que poderá servir para os gilistas recuperarem o caminho das vitórias na I Liga, que não acontecem desde 10 de agosto, quando triunfaram na ronda inaugural diante do FC Porto (2-1).

"Nós queremos, mas é preciso arte para fazer deste o ponto de viragem no nosso campeonato. Apesar da derrota, o jogo em Famalicão deu boas indicações, porque reagimos bem a uma segunda parte muito fraca com o Portimonense [empate 1-1]. Conhecemos bem o Marítimo, mas estamos focados naquilo que somos capazes de fazer. É um jogo muito importante para nós e penso que somos favoritos se jogarmos o que sabemos. Conquistar os três pontos é a única ideia que nos passa pela cabeça", afiançou.

Com 11 triunfos nas 18 receções aos insulares para a I Liga, os minhotos apenas consentiram três desaires na condição de visitado, o último dos quais em agosto de 2014, na última passagem pela divisão maior do futebol português.

O Gil Vicente, 15.º colocado, com sete pontos, recebe o Marítimo, na 11.ª posição com dez, no domingo, às 15:00, no Estádio Cidade de Barcelos.