Portugal
Selecionador feminino satisfeito com vitória
2019-04-06 20:00:00
Jogo de futebol feminino Portugal-Hungria que a turma das quinas venceu

Após o jogo de futebol feminino Portugal-Hungria, de preparação para a qualificação para o Campeonato da Europa, disputado no Complexo Desportivo do FC Alverca, em Alverca, Francisco Neto (selecionador de Portugal) falou numa "vitória justa, pelo todo, mas mais ainda pela segunda parte" que a turma das quinas realizou.

"Na primeira parte, entrámos pouco pressionantes e permitimos que a Hungria tivesse bola entre as nossas linhas. Depois do golo, fomos melhorando, mas não marcámos. Ao intervalo, corrigimos alguns aspetos do nosso jogo e dominámos a segunda parte, empatámos e conseguimos chegar à vitória perto do final do jogo", disse.

E prosseguiu: "Infelizmente, já perdemos alguns jogos no último minuto, hoje marcámos e ganhámos. A nível internacional nunca é fácil virar um jogo. É preciso ter organização e crença, e criámos várias situações de golo."

Sobre o próximo jogo contra Hungria, na terça-feira, Francisco Neto focou na recuperação das jogadoras, para já.

"Agora, vamos fazer a recuperação das jogadoras. É natural que façamos algumas alterações na equipa e até na estrutura tática. Estes são jogos para ficarmos mais aptos para iniciar o apuramento para o Europeu. Termos chegado ao 'top 30' [do futebol mundial feminino] é um orgulho muito grande e um objetivo que tínhamos traçado. É reflexo do trabalho que tem sido feito pela Federação Portuguesa de Futebol, pelas associações e pelos clubes. É um triângulo cujo trabalho tem dado frutos. Esta equipa tem jogado contra as melhores equipas do mundo. Do 'top 20' mundial, só não jogámos contra a Alemanha e assim ficamos mais fortes".

Nas declarações, o selecionador nacional feminino mostrou-se ainda satisfeito com a carreira que a equipa tem feito. "Com este compromisso podemos ir até onde o sonho nos permitir. É uma seleção muito jovem e queremos estar mais vezes nas fases finais e estar entre as melhores."

Também Mónica Mendes (jogadora de Portugal) comentou o jogo. "Acho que fomos superiores. Apesar de não entrarmos muito bem no jogo, mantivemos a calma, fizemos o nosso jogo e depois fomos para cima delas. Criámos situações e, mesmo não tendo feito tantos golos como gostaríamos, no final conseguimos a vitória. Estou muito contente. Foi um dia mesmo muito especial para mim. Ganhei a placa das 50 [internacionalizações], fiz uma assistência e marquei um golo. Mas o mais importante é a vitória do coletivo e é isso que me deixa mais feliz."

Sê o primeiro a comentar: