Portugal
"Tirem o VAR, por favor. Se é para fazer isto tirem o VAR", pede Abel Ferreira
2019-01-23 22:55:00
Treinador bracarense critica arbitragem

Abel Ferreira mostrou-se desagradado com o trabalho da equipa de arbitragem na meia-final entre Braga e Sporting. O treinador dos minhotos deixou mesmo um aviso: "Se é para fazer isto tirem o VAR."

Visivelmente desagradado, Abel explicou que a sua equipa fez o que tem "feito sempre".

"Na primeira parte foi um jogo equilibrado, mas entrámos bem no jogo. Fizemos um golo e depois procurámos controlar o jogo com um bloco médio para tapar o jogo interior do adversário. Eles acabam por fazer um golo de bola parada, muito bem conseguido, é difícil combater com a estatura do Coates", salientou, em declarações após o final da partida.

Na leitura à segunda metade do encontro, Abel Ferreira explicou que foi "boa".

"O Braga tentou resolver nos 90 minutos porque sentimos que era possível, mas infelizmente vamos ver esta final em casa de forma muito injusta", notou, para depois criticar as decisões da equipa de arbitragem.

"Nem sei o que diga. O futebol português está mal. Disse ao árbitro, com respeito e educação, que lá em baixo estavam homens de família que trabalham todos os dias para dar melhores condições às suas famílias e se eu não ganhar os jogos o presidente despede-me. Hoje o que a gente assistiu... Não vou dizer o que o coração sente".

As críticas não se ficaram por aí.

"Usando a sabedoria dos sábios vou deixar que as pessoas olhem, que analisem, que o futebol português tenha coragem, penalize quem tenha de penalizar se quisermos um futebol melhor".

Num tom de desagrado, Abel Ferreira prosseguiu: "É muito triste chegar ao balneário e ver aqueles homens de família, que querem melhores condições e melhores contratos. O que sinto é que quando erro tenho de ser despedido e que quando se erra a olhar para imagens, quando nós conseguimos, em dois dias fazer uma reflexão e ver... Comparem os lances. Se é para fazer isto tirem o VAR. Deixem os árbitros errar à vontade. Com o VAR e com o erro fica difícil para quem está em casa perceber o erro."

Particularmente arrasador com o trabalho da equipa de arbitragem, Abel Ferreira pediu para se desistir com o VAR, para que se faça uma "reunião de condomínios" e que as pessoas "deixem as quintinhas de lado e procurem valorizar os jogadores".

Sê o primeiro a comentar:
Tags: