Portugal
Rui Vitória: "Isto é um ataque ao Benfica e os benfiquistas já entenderam isso"
Redação Bancada
2018-01-12 16:35:00
Na conferência de imprensa de antevisão para o jogo com o SC Braga, Rui Vitória exigiu respeito e assumiu haver limites.

Em conferência de imprensa de antevisão para o encontro com o SC Braga, Rui Vitória colocou um ponto final na troca de palavras que encetou com Sérgio Conceição durante os últimos dias. O treinador do Benfica vincou mesmo que a polémica dos últimos tempos não partiu de si mesmo e que o que se vem passando, mais do que um ataque ao treinador ou presidente do Benfica, é um ataque ao clube. “Há duas semanas atrás eu avisei o que estava aqui em causa. Isto não é só sobre o treinador ou o presidente do Benfica. Isto é um ataque ao Benfica. E os Benfiquistas já entenderam isto”, referiu.

Rui Vitória mostrou-se agastado com o que vem sendo escrito na imprensa ao longo dos últimos dias, assumindo que não tem qualquer responsabilidade no que se vem passando. “Este episodio, que fique claro, não começou aqui. Da minha parte termina aqui. Tenho visto pedir-se nos últimos dias, ‘haja respeito entre os treinadores’… mas eu faltei ao respeito a alguém? Eu não faltei ao respeito a ninguém. Não aceito que me digam isso e estou a falar para as instituições que, de forma leviana, metem tudo no mesmo patamar. Eu tenho os meus limites. O treinador do FC Porto disse o que disse, que assuma as suas responsabilidades. Eu não passo certos limites. Não altero os meus limites nem a minha postura. Da minha parte houve e haverá sempre respeito entre os treinadores. Da minha parte não vale tudo”, desabafou.

Numa conferência marcada essencialmente por questões relacionadas com a troca de palavras entre Rui Vitória e Sérgio Conceição, o técnico benfiquista defendeu estar preparado para um SC Braga com capacidade para surpreender o Benfica durante o encontro de amanhã. “Espero do Braga uma resposta forte de uma equipa ambiciosa que se procura aproximar dos três grandes, espero uma equipa que tem uma forma de jogar muito peculiar, que tem uma composição com duas linhas de quatro e dois jogadores na frente, mas também umas nuances durante o jogo muito interessantes às quais estamos atentos. É um Braga de qualidade que nos vai dificultar a vida”, assumiu.

Rui Vitória falou ainda de mercado, assegurando que o Benfica não irá contratar por contratar e que “se vier alguém, que seja alguém que acrescente alguma coisa. Vir por vir, não vale a pena, não é o objetivo fundamental”. O técnico do Benfica afirmou ainda ter-se entrado numa fase especial da temporada. “Não sabemos bem como as segundas voltas podem correr. Há uma série de contextos, como o mercado, como se reage a um contratempo de um ou outro jogo… há uma serie de variáveis que torna o campeonato mais especifico. Nós e quem quer ter estes objetivos tem de estar preparado para todas as vicissitudes do campeonato”.

Sê o primeiro a comentar: