Portugal
"Queremos manter o sistema, mas não temos jogadores", lamenta Folha
2019-02-16 21:35:00
Técnico dos algarvias diz que tem de encontrar soluções

Após a derrota deste sábado frente ao Vitória de Guimarães, por 2-0, Folha lamentou a perda de vários jogadores neste mercado de inverno, admitindo ter de procurar soluções dentro de portas. 

"[É preciso] continuar a trabalhar da mesma forma como o temos feito. Temos de andar à procura de outras coisas para encontrar dentro [de portas] jogadores com qualidade para nos relançarmos e para que a ideia volte a ser a que era, antes de perdermos algumas mais-valias. Vamos trabalhar para que haja outras mais-valias a saltarem para outros patamares e para continuar a fazer crescer o clube", começou por dizer o técnico dos algarvios. 

"Não vou por aí [pelas ausências de alguns jogadores para explicar a derrota]. Às vezes, há jogos em que os treinadores ficam sem opções e têm de encontrar soluções. Até mudámos um pouco o sistema para podermos ser competitivos e não tão débeis. Queremos manter o sistema, mas não temos jogadores. Temos de reinventar o que temos para conseguir a melhor ideia para o jogo", acrescentou. 

Relativamente ao jogo, Filha admitiu que o Vitória foi mais forte, "principalmente nos primeiros minutos da segunda parte". 

"O Vitória tinha de fazer algo e fez. Começou a circular a bola mais rapidamente e a criar-nos instabilidade. A nós, competia-nos, quando ganhávamos a bola, não a perder tão facilmente. Nos primeiros 15 minutos, a equipa, quando recuperava a bola, não se sentia confortável com ela. Quando a equipa se começava a sentir mais confortável, sofreu o golo a seguir. A partir daí, o Vitória, com uma massa adepta digna de um ‘grande', empolgou-se. A intranquilidade passou para nós todos. Isto faz parte da evolução que queremos para os jogadores", rematou.

Sê o primeiro a comentar: