Portugal
Presidente do Rio Ave perspetiva “um grande jogo” frente ao Benfica
2019-05-09 23:30:00
Jogo marcado para as 20:30 de domingo

O presidente do Rio Ave, António Silva Campos, garantiu hoje "uma equipa a querer fazer um grande jogo", este domingo, na receção ao Benfica, na 33.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

À margem da gala comemorativa do 80.º aniversário do clube, o dirigente mostrou consciência de que "este será um jogo que pode decidir o título", mas lembrou que o Rio Ave ainda tem ambições neste campeonato.

"Vamos lutar para fazer um bom jogo. Temos atletas que são grandes profissionais e que já o demonstraram na última partida com o FC Porto. Será mais um jogo difícil, que pode definir o título, mas também para nós o resultado pode ser importante na nossa ambição pela Liga Europa", vincou o dirigente.

Os vila-condenses têm uma desvantagem de quatro pontos para o Vitória de Guimarães, que é a equipa melhor posicionada para garantir a última vaga para as competições da UEFA da próxima época, mas o presidente do Rio Ave garantiu um grupo "que não vai atirar a toalha ao chão".

"Matematicamente ainda é possível, e vamos lutar até ao fim. Não atiramos a toalha ao chão. Muitos já não acreditavam no que estamos fazer nesta fase do campeonato, mas temos mostrado um grupo forte e unido", rematou o presidente do Rio Ave.

As ideias foram partilhadas por Tarantini, capitão de equipa que considerou que o duelo de domingo com o Benfica é "tão importante como qualquer outro jogo".

"Vamos com a intenção de ganhar, até porque vimos de um bom momento, e ainda temos a ambição de lutar pela Liga Europa. Vamos ver o que acontece neste jogo, mas acreditamos que podemos dar uma boa resposta", avisou o médio.

O experiente jogador reconheceu que os números do Benfica nesta segunda volta do campeonato "metem respeito", mas prometeu uma equipa "que quer usufruir do momento e mostrar a sua qualidade nestes grandes jogos", dando o exemplo do que fizeram na receção ao FC Porto [empate 2-2].

"Sentimos o peso de um jogo que pode decidir o título, mas ainda recentemente provámos a nossa qualidade quando estivermos a perder por 2-0 frente ao FC Porto e conseguimos reagir. Seria bom neste jogo sairmos na frente [do marcador], mas se a reação acontecer da mesma forma [com na receção aos 'dragões'] seria muito bom", partilhou o jogador.

Também André Vilas Boas, atual diretor desportivo da equipa vila-condense, e antigo jogador do clube, garantiu que "a luta pelo título nada interessa ao Rio Ave".

"Todos os dias estou com os jogadores e vejo que este jogo está a ser encarado da mesma forma como o último, com o Moreirense. Ainda temos a luta pela Liga Europa, e nisso que vejo o foco. Claro que é uma partida emotiva, em que todos querem participar, mas onde também as nossas qualidades podem sobressair", disse André Vilas Boas, também à margem da gala de aniversário do clube.

Nesta cerimónia, o emblema vila-condense distinguiu jogadores, técnicos e dirigentes que se destacaram na presente época desportiva.

Entre os galardões atribuídos, destaque para o guarda-redes da equipa principal, o brasileiro Leo Jardim, considerado atleta do ano.

O médio Vitó, foi distinguido como o melhor atleta dos sub-23, escalão que tem como técnico Pedro Cunha, considerando o treinador do ano do Rio Ave. O atleta revelação foi o defesa Costinha, também dos sub-23, enquanto que o parceiro do ano foi a Gestifute.

Sê o primeiro a comentar: