Portugal
Portugal goleou a Escócia e apurou-se para a fase final do Europeu de sub-19
2019-03-26 19:50:00
Quarto apuramento consecutivo

A seleção portuguesa de sub-19 qualificou-se hoje pela quarta vez consecutiva para a fase final do Europeu da categoria, ao bater a Escócia por 4-0, no último jogo do Grupo 6 da Ronda de Elite.

No Estádio do Bessa, no Porto, Portugal, que tinha de vencer, chegou cedo a 2-0, com um autogolo de Maio (16 minutos) e um tento de Úmaro Embaló (21), e ficou com o apuramento ‘escancarado’ com as expulsões de Deas (53) e Kelly (54), antes de Romário Baró (72) e João Mário (75) fixarem o resultado.

A Escócia começou por dar a sensação de que podia dificultar a vida à seleção portuguesa, tanto que o primeiro sinal de perigo surgiu de um cruzamento de Middleton a que Rudden correspondeu com um desvio perigoso muito perto da baliza de Celton Biai.

Middleton e a sua velocidade causaram problemas a João Costa no primeiro quarto de hora, mas, gradualmente, Portugal tomou conta do jogo e, aos 16 minutos, marcou, na sequência de um canto e um desvio de Gonçalo Loureiro, com Mayo a introduzindo, assim considerou o árbitro, a bola na sua própria baliza.

O golo perturbou Escócia e tranquilizou a equipa portuguesa, que, cinco minutos depois, chegou ao segundo golo, graças a um remate mais em jeito do que em força de Umaro Embalo, que surpreendeu o guarda-redes Mullen.

A perder por dois golos, a Escócia continuou a apostar tudo no ala esquerdo Middletone e este podia ter marcado aos 37 minutos, mas rematou por alto, só com Celton Biai pela frente.

A superioridade portuguesa acentuou-se na segunda parte com as expulsões de Deas, por acumulação de cartões amarelos, e de Kelly, com vermelho direto, devido a uma entrada perigosa, no espaço de um minuto.

O jogo ‘acabou’ aí e as derradeiras esperanças escocesas no apuramento também, porque Portugal não só já vencia por 2-0 como ficou com mais duas unidades em campo, o que lhe permitiu gerir o encontro seu bel-prazer.

João Mário, que havia substituído Umaro Embaló, atirou ao poste aos 72 minutos e esse lance foi o prenúncio do 3-0, que Romário Baró apontou após uma assistência de Félix Correia, outro jogador lançado na segunda parte pelo técnico Filipe Ramos.

Com a Escócia desbaratada e desmoralizada, Portugal fez o 4-0, aos 75 minutos, por João Mário, a passe de Félix Correia, e sentenciou uma partida que lhe correu de feição e fechou da melhor maneira a sua participação no Grupo 6 da Ronda de Elite.

Campeão em título, Portugal ganhou o seu grupo só com vitórias, diante de Chipre, Turquia e Escócia, marcou 10 golos, não sofreu nenhum e qualificou-se para a fase final do Europeu, que se disputa na Arménia, entre 14 e 27 de julho.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa
Tags: