Portugal
Portugal favorito frente à 'renascida' Holanda
2019-06-09 14:15:00
Final da Liga das Nações arranca às 19h45

Portugal, atual campeão europeu, vai hoje subir ao relvado do Estádio do Dragão, no Porto, como favorito na final da Liga das Nações de futebol, perante uma Holanda ‘cansada' e em reconstrução.

Depois do triunfo por 3-1 na primeira meia-final sobre a Suíça, na quarta-feira, a seleção portuguesa parece ter tudo, em teoria, para levantar o primeiro troféu da Liga das Nações, apesar de ter uma baixa de peso.

Pepe saiu lesionado do confronto com os helvéticos, numa altura em que estava a ser um dos melhores em campo, e vai falhar a final, mas, mesmo assim, Portugal está ‘obrigado' a vestir o papel de favorito.

Além de ter o estatuto de campeão europeu, e de ter a vantagem de jogar em casa, Portugal chega à final com Cristiano Ronaldo em grande forma, após o ‘hat-trick' apontado frente aos suíços, e fisicamente mais ‘fresco'.

A seleção lusa teve mais um dia de descanso e a Holanda foi obrigada a disputar o prolongamento para conseguir eliminar a Inglaterra (3-1), na outra meia-final.

Com Pepe ausente, José Fonte deverá fazer dupla com Ruben Dias no centro da defesa, naquela que poderá ser a única alteração de Fernando Santos no ‘onze' inicial.

O selecionador nacional deverá manter João Félix como companheiro de Ronaldo na frente, embora o avançado do Benfica tenha estado apagado frente aos helvéticos, naquela que foi a sua estreia absoluta como internacional ‘AA’.

Na defesa, Nélson Semedo ganhou o duelo a João Cancelo no primeiro jogo, mas tem sempre a ‘sombra' do jogador da Juventus, enquanto no meio-campo, Danilo, que esteve castigado, e João Moutinho podem sempre entrar nas contas de Fernando Santos.

Por seu lado, a Holanda está a demonstrar na Liga das Nações que superou a ‘crise' e está de regresso aos grandes palcos, após ter falhado as fases finais de Euro2016 e Mundial2018.

Depois de ter eliminado na fase de grupos Alemanha e França, os dois últimos campeões mundiais, os holandeses, comandados pelo técnico Ronald Koeman, que em tempos treinou o Benfica, ultrapassaram em Guimarães a Inglaterra, com justiça, embora tenham necessitado do prolongamento.

Os ingleses ainda se adiantaram no marcador aos 32 minutos, através de Marcus Rashford, na conversão de uma grande penalidade, mas a Holanda igualou e levou o encontro para prolongamento, com um golo de Matthijs de Ligt, aos 73. Kyle Walker, aos 97, na própria baliza, e Quincy Promes, aos 114, anotaram os golos que deram o triunfo à 'laranja mecânica'.

A Holanda aparece na final da Liga das Nações numa fase em que tenta aproveitar os mais recentes sucessos da escola do Ajax, como Matthijs de Ligt, Frenkie de Jong e Donny van de Beek, e em que tem dois campeões europeus de clubes pelo Liverpool, o central Virgil van Dijk, promovido a capitão da ‘laranja mecânica' e o médio Georginio Wijnaldum.

A final da primeira edição da Liga das Nações está agendada para este domingo, às 19:45, no Estádio do Dragão, no Porto.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa