Portugal
"Os jogadores não são obrigados a pagar a fatura dos erros dos clubes"
2019-06-03 17:35:00
Joaquim Evangelista defende uma maior regulação

O presidente do Sindicato dos Jogadores afirmou que os futebolistas são os primeiros a sofrer com os problemas financeiros dos clubes, dando dois exemplos recentes.

"Os jogadores não são obrigados a pagar a fatura dos erros dos clubes, como se viu com o Arouca e o Nacional. A direção do Arouca foi de férias, com um grande desrespeito. O Nacional ameaçou despedimentos coletivos", afirmou Joaquim Evangelista, ao intervir na conferência promovida pela Renascença, em Lisboa.

O dirigente sindical defendeu uma maior regulação no futebol, insistindo que os clubes profissionais "deveriam ter pressupostos financeiros que permitissem a garantia do cumprimento das obrigações".

A falta de sustentabilidade dos clubes poderá ainda multiplicar os conflitos com as SAD, como aconteceu no caso do Belenenses, com uma equipa (SAD) no futebol profissional e outra (do clube) nos distritais.

"Problemas como o Belenenses vão acontecer cada vez mais", avisou Joaquim Evangelista.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa