Portugal
Onze pistas para ver o Benfica-Moreirense
2018-05-12 16:05:00
O Benfica pode ultrapassar a barreira dos 80 pontos e não ser campeão pela primeira vez

Em caso de vitória, o Benfica alcança algo nunca antes visto para os lados da Luz: ultrapassar a barreira dos 80 pontos sem festejar o título de campeão nacional. Já o Moreirense, se não marcar qualquer golo na partida deste domingo, no Estádio da Luz, frente aos encarnados, fica com o pior registo de golos marcados nas suas participações na Primeira Liga.

- Benfica e Moreirense encontraram-se, em jogos para o campeonato, em 15 ocasiões. Nunca o Moreirense conseguiu bater o Benfica. O melhor que alcançou, diante das águias, foram dois empates. Curiosamente, ambos nos Estádio da Luz. Aconteceram em 2003/04 (1-1) e 2002/03 (1-1).

- Ou seja, Benfica nunca ficou em branco sempre que defrontou a turma de Moreira de Cónegos. Neste registo, o resultado mais volumoso foi de 4-1 para o Benfica e aconteceu duas vezes. Em 2015/16 e 2003/04.

- No duelo de treinadores, Rui Vitória leva, claramente, a melhor sobre Petit. Das sete vezes que os dois técnicos se defrontaram, Rui Vitória venceu cinco, empatou uma e perdeu outra. O único triunfo de Petit sobre Vitória aconteceu em 2014/15. Petit liderava o Boavista e Rui Vitória estava à frente do Vitória de Guimarães e ficou 3-1 para os axadrezados.

- Em caso de vitória, o Benfica atinge os 81 pontos. Nunca antes os encarnados haviam passado a barreira dos 80 pontos, desde que a vitória vale três pontos, sem festejarem o título de campeão nacional.

- O Moreirense chega à última jornada ainda em risco de ser despromovido à segunda liga. É certo que esse cenário apenas acontecerá com uma conjugação de resultados.

- Em caso de empate, a equipa de Petit chega aos 33 pontos, garante a permanência e iguala a pontuação da temporada transata.

- No Moreirense apenas Jhonatan poderá ser totalista. O guardião brasileiro jogou as 33 jornadas já disputadas, atuando a totalidade dos minutos em cada uma delas.

- No Benfica, Pizzi e Raúl Jiménez correm pelo primeiro lugar na lista de mais utilizados por Rui Vitória na presente edição da Primeira Liga. À entrada para a 34.ª e última jornada, ambos os jogadores têm 32 jogos realizados.

- Numa altura em que Jonas luta para voltar à melhor forma física e Sálvio perdeu o lugar na equipa, o Benfica fica sem 42 dos 79 golos que marcou para o campeonato. Ou seja, 53 por cento.

- Do lado do Moreirense, Tozé é o goleador de serviço. O médio emprestado pelo Vitória de Guimarães marcou oito golos nas 25 partidas que realizou para o campeonato.

- Caso não marque qualquer golo na partida frente ao Benfica, no Estádio da Luz, o Moreirense acaba a liga com 29 golos marcados. Este registo é o pior da equipa de Moreira de Cónegos nas participações na Primeira Liga.30 golos é, até este momento, a pior conta de golos marcados para o Moreirense. Aconteceu por duas vezes: em 2004/05 e 2012/13.