Portugal
Onze pistas para o Moreirense-Sporting
António Tadeia
2017-09-22 18:15:00
O Sporting pode superar o arranque com Robson, se ganhar em Moreira de Cónegos. Onde o início nem está a ser tão mau.

O Sporting desloca-se a Moreira de Cónegos, à procura da sétima vitória em outros tantos jogos na Liga e da oitava consecutiva, se contarmos na série os 4-1 ao Chaves no encerramento da Liga da época passada. Se em termos de série esta está ainda longe de ser a melhor do Sporting desde a chegada de Jorge Jesus – conseguiu 13 vitórias seguidas entre Março e Setembro de 2016 – já o arranque pode superar o de 1993/94, quando a equipa comandada por Bobby Robson ganhou os primeiros seis jogos e encalhou ao sétimo: arrancou com 2-1 em casa ao Salgueiros, venceu depois o Vitória FC em Setúbal por 3-2, o Estrela, na Amadora, por 4-0, o Belenenses em Alvalade por 3-1, o Farense fora e o União da Madeira em casa, ambos por 1-0. A 16 de Outubro, em jogo da sétima jornada, empatou a zero com o Gil Vicente no Adelino Ribeiro Novo.

 

- Este já é, de qualquer modo, o melhor arranque de Jorge Jesus como treinador. Até aqui, o treinador leonino nunca tinha entrado na sétima jornada com um pleno de vitórias e 18 pontos. O melhor que ele tinha feito eram 16 pontos, correspondentes a cinco vitórias e um empate, sempre com o Benfica, em 2009/10 e 2014/15. Na primeira ocasião cedeu pontos logo na primeira jornada, num 1-1 com o Marítimo, enquanto que na segunda tropeçou à terceira ronda, também em casa, num 1-1 frente ao Sporting. Em ambas as vezes, o Benfica de Jesus foi campeão.

 

- Do outro lado, a perceção geral, até amplificada pelas declarações de Manuel Machado após a derrota no Dragão – a “carne para canhão” – é a de que o Moreirense está a ter um mau início de época. Não é verdade. Nas sete presenças anteriores do clube na Liga, só duas vezes chegou à sexta jornada com mais do que os atuais cinco pontos: em 2003/04 tinha nove pontos e em 2014/15 tinha seis pontos. Há, ainda assim, uma curiosidade que pode funcionar como sinal de alarme: as duas vezes em que desceu de divisão (2004/05 e 2012/13) foram as duas únicas em que o Moreirense chegou á sexta jornada com estes mesmos cinco pontos. Supersticiosos?

 

- Defrontam-se dois dos três treinadores com mais de 60 anos na Liga. O mais velho é Vítor Oliveira, técnico do Portimonense, com 63 anos feitos a 17 de Novembro do ano passado, e logo a seguir aparecem Jorge Jesus, que fez o 63 anos a 24 de Julho, e Manuel Machado, que fez 61 a 4 de Dezembro do ano passado.

 

- Jorge Jesus e Manuel Machado já tiveram desentendimentos públicos, mas por agora parecem ter resolvido os problemas entre ambos. No campo, o empate a zero imposto ao Sporting de Jesus pelo Nacional de Machado, em Outubro do ano passado, interrompeu uma série de oito vitórias seguidas do treinador da Amadora sobre o rival. Antes disso, Machado não roubava pontos a Jesus desde Fevereiro de 2013, quando o seu Nacional empatou em casa com o Benfica de Jesus (2-2). E já não lhe ganha desde Setembro de 2010, quando se impôs, no Minho, com o Vitória SC, ao Benfica de Jesus, por 2-1.

 

- Ainda assim, uma equipa de Manuel Machado não marca golos a uma equipa de Jesus desde Abril de 2015. Nessa data, o Nacional de Machado perdeu na Luz com o Benfica de Jesus por 3-1, mas Tiago Rodrigues fez o tento de honra dos madeirenses aos 74’. Desde então, já no Sporting, e sempre contra o Nacional, Jesus ganhou por 1-0 em Alvalade e por 4-0 na Choupana, antes do empate a zero da época passada, na Madeira. No jogo da segunda volta, já Manuel Machado tinha sido substituído.

 

- Manuel Machado estava no banco do Moreirense no dia do primeiro confronto entre os dois clubes para a I Liga. Aconteceu a 7 de Outubro de 2002, o Sporting ganhou por 3-0, e o jogo ficou célebre por outras razões: foi nele que Cristiano Ronaldo se estreou a marcar pelos seniores do Sporting. E como já não era menino para se encolher, fez logo dois golos, o primeiro dos quais após uma jogada individual em que correu todo o meio-campo adversário e ultrapassou vários adversários antes de bater o guardião Roberto.

 

- O Sporting ganhou os últimos cinco jogos que fez contra o Moreirense, com quem não perde desde Outubro de 2012, estavam os cónegos na II Liga. Na altura, dirigidos interinamente por Oceano, os leões sucumbiram no prolongamento, em partida da Taça de Portugal, por 3-2, graças a um golo de Wagner, atualmente jogador do CD Tondela. Dos 18 jogadores do Sporting que nesse dia entraram na ficha de jogo, só Rui Patrício ainda está no clube. No Moreirense, que era orientado por Jorge Casquilha, já não resta ninguém.

 

- Na época passada, o Sporting ganhou ambos os desafios: 3-0 em casa e 3-2, de virada (depois de estar a perder por 2-1) em Moreira de Cónegos. Bas Dost foi o único a marcar em ambas as ocasiões, o que o deixa ante o desafio de manter o registo 100 por goleador em jogos perante o Moreirense. No jogo de Alvalade, fazia inclusive a sua estreia com a camisola leonina, pelo que aquele foi o seu primeiro golo pelo clube.

 

- Rui Patrício deve fazer o 300º jogo na Liga portuguesa, todos com a camisola do Sporting. A estreia aconteceu a 19 de Novembro de 2006, numa vitória leonina frente ao Marítimo, no Funchal (1-0). Lançou-o Paulo Bento e o jovem guarda-redes até defendeu um penalti nessa noite. Além dos 299 jogos que já soma na baliza leonina na Liga, Patrício jogou ainda 26 vezes na Taça de Portugal, 11 na Taça da Liga, 82 nas competições europeias e duas na Supertaça, para um total de 420 presenças que só são superadas em toda a história do clube por Hilário (471), Damas (444) e Manuel Fernandes (433).

 

- Os defesas Iago e Belkaroui, do Moreirense, estrearam-se na Liga a jogar frente ao Sporting e um deles conseguiu pontuar. Foi Iago, que recentemente chegou à titularidade no Moreirense, que a 16 de Agosto de 2014 esteve a tempo inteiro no Académica-Sporting que acabou com um empate a uma bola. O central argelino, que ainda não jogou oficialmente esta época, foi lançado por Manuel Machado a 13 de Fevereiro de 2016 numa derrota do Nacional frente aos leões, na Choupana, por 4-0.

Sê o primeiro a comentar: