Portugal
Onze factos rápidos sobre o Benfica-Ajax
Sérgio Cavaleiro
2018-11-08 20:00:00
Há oito anos que o Benfica não estava quatro jogos sem sentir o sabor da vitória

O Benfica está a atravessar uma crise de resultados como não conhecia desde 2011/12. São já quatro os jogos consecutivos em que os encarnados não sentem o sabor da vitória. Rui Vitória decidiu deixar Pizzi no banco (possibilidade que deixámos em aberto no lançamento das onze pistas) 27 partidas europeias depois. A qualificação está complicada, a história assim o diz.

- E já vão quatro jogos consecutivos sem vencer. O Benfica colocou o ponto final a uma sequência de três derrotas com o empate. No entanto somou o quarto jogo sem conhecer o sabor da vitória. É preciso recuar ao início da temporada 2011/12, era Jorge Jesus o treinador das águias, para encontrar registo negativo semelhante: três derrotas e um empate.

- Tínhamos alertado, nas pistas para ver este encontro, para a possibilidade de Pizzi começar o jogo no banco em detrimento de um meio-campo composto por Fejsa, Gedson e Gabriel. Foi mesmo isso que aconteceu.

- Mas atenção, Pizzi não iniciava um encontro oficial na condição de suplente há mais de um ano. A última vez que o médio ficou no Banco foi a 26 de outubro de 2017, diante do Feirense.

- Jonas marcou o segundo golo em dois jogos como titular. Fê-lo na derrota frente ao Moreirense (3-1) e voltou a fazer o gosto ao pé frente ao Ajax.

- Curiosamente, Jonas não marcava em jogos da Liga dos Campeões há quase três anos. O último golo do avançado brasileiro para a liga milionária aconteceu em fevereiro de 2016, e valeu a vitória frente ao Zenit.

- Salvio realizou, frente ao Ajax, o 253.º jogo com a camisola do Benfica. O atacante juntou-se a Nico Gaitán no topo da lista de jogadores argentinos a vestirem mais vezes a camisola dos encarnados.

- O Benfica continua a demonstrar um grande desconforto sempre que defronta o Ajax. Este foi o sétimo encontro entre os dois conjuntos e o Benfica só venceu um. Perdeu quatro.

- O Ajax confirmou o bom momento de forma. dos 23 jogos oficiais já realizados esta temporada, os  comandados de Erik ten Hag apenas perderam um. Foi contra o imparável PSV Eindhoven.

- Deste jogo no Estádio da Luz ficou a confirmação do imenso valor de Frenkie de Jong. O médio de 21 anos parece conhecer o ofício há anos. É a placa giratória desta equipa do Ajax e está a preparar-se para outros voos.

- O Benfica soma apenas quatro pontos após quatro jogos na fase de grupos. É a sétima vez que tal acontece e, nas seis ocasiões anteriores, apenas se qualificou para a próxima fase uma vez: foi na temporada 2005/06.

- Se nos cingirmos à fase final da Liga dos Campeões, o Benfica somou o quinto jogo consecutivo sem vencer em casa. O pior registo de equipas portuguesas.

Sê o primeiro a comentar: