Portugal
Onze factos rápidos do Benfica-FC Basileia
Diogo Cardoso Oliveira
2017-12-06 19:45:00
O Benfica sai da Liga dos Campeões com uma mão cheia de recordes negativos.

Zero pontos, zero golos, zero euros ganhos no campo. Pior equipa portuguesa de sempre, uma das 20 piores da história da competição e mais uns quantos recordes negativos, depois da derrota (2-0) frente ao FC Basileia, nesta terça-feira.

- O Benfica tornou-se a 19.ª equipa na história da Liga dos Campeões a terminar a fase de grupos com zero pontos. E nunca uma equipa portuguesa tinha conseguido esse recorde negativo.

- Este foi o pior desempenho de uma equipa portuguesa na Champions, com zero pontos, um golo marcado e 14 sofridos. Antes dos encarnados, o Sporting (dois pontos em 2000) tinha o pior registo.

- O Benfica tornou-se a terceira equipa portuguesa com mais golos sofridos na Champions. Sofreu 14, nesta fase de grupos, uma marca apenas superada por Sporting (15 golos, em 2000/2001) e Boavista (15 golos, em 2001/2002). Conseguiu ainda superar o seu próprio recorde de média de golos sofridos. Desde 2010/11 que os encarnados não terminavam com uma média de mais de dois golos sofridos.

- Em termos de diferença entre golos marcados e sofridos, este Benfica também é o pior português de sempre. Terminou com -13, superando os -11 do Sporting, em 2008/09.

- Nos golos marcados, este é o pior ataque de sempre de uma equipa portuguesa nesta prova, com apenas um golo marcado.

- Com esta vitória, o Basileia desequilibrou o registo de confrontos frente ao Benfica. Agora, contam-se quatro jogos, com duas vitórias suíças (as duas nesta temporada), um empate e um triunfo encarnado.

- O Benfica-Basileia marcou a estreia de João Carvalho na Liga dos Campeões. Fê-lo logo a titular, aos 20 anos.

- Dmitiri Oberlin marcou quatro golos na fase de grupos da Champions. Contra o Benfica foram... três (o outro foi ao CSKA).

- O Basileia passa pela terceira vez a fase de grupos da Champions. Em 2011/12, no grupo do Benfica, seguiu em frente juntamente com os encarnados. Em 2014/15, foi eliminado pelo FC Porto, nos oitavos-de-final.

- Michael Lang, que levava sete golos nos últimos cinco jogos – e que marcou ao Benfica, no primeiro jogo –, voltou a ter participação num golo. Aos seis minutos, assistiu Elyounoussi, com um grande cruzamento.

- O Benfica sai da Liga dos Campeões apenas com o prémio de participação. Neste jogo, estavam em disputa 1,5 milhões de euros de uma vitória, que vão para os cofres suíços. Nos do Benfica, nesta Champions, não entrou qualquer euro.

Sê o primeiro a comentar: