Portugal
O guarda-redes que parou Bojinov e que fez história na Segunda Liga
2018-10-31 19:30:00
Ricardo Ribeiro tinha 21 anos quando brilhou em pleno Estádio José Alvalade

O FC Paços de Ferreira desceu à Segunda Liga depois de vários anos consecutivos no mais alto escalão do futebol português, mas não se está a dar nada mal no objetivo de regressar à elite nacional. Em primeiro lugar de forma isolada, a equipa orientada pelo especialista em subidas Vítor Oliveira é uma das favoritas à promoção e tem-se destacado na defesa. Com apenas dois golos sofridos, supera o registo de todas as outras formações e há um jogador em grande destaque. Ricardo Ribeiro, guarda-redes dos castores, entrou para a história sa Segunda Liga ao ser o primeiro a não sofrer qualquer golo nos seis primeiros jogos realizados para o campeonato.

Antes, o recorde estava fixado nos cinco primeiros jogos realizados sem sofrer golos. Para além do próprio Ricardo Ribeiro, Peres (UD Leiria, 1990/91), Avelino (FC Penafiel (1999/2000), Yannick (FC Alverca, 2002/03), Vágner (Estoril Praia, 2010/11) e Ricardo (FC Porto B, 2014/15). Ao superar o Vitória de Guimarães B na última jornada da Segunda Liga por 1-0, Ricardo Ribeiro chegou aos seis e entrou para a história.

Curiosamente, Ricardo Ribeiro até sofreu dois golos no primeiro jogo que realizou em 2018/19, mas foi para a Taça da Liga. Na segunda fase da competição, os pacenses bateram o Académico de Viseu por 3-2 e avançaram para a fase de grupos. Contudo, assim que começou a Segunda Liga, Ricardo Ribeiro esteve imparável: em sete jornadas realizadas, jogou seis, venceu todas e não sofreu um único golo. Defrontou o SC Braga B, a Académica, o Varzim, o SC Covilhã e, finalmente, o Vitória de Guimarães B.

Ricardo Ribeiro em ação na Primeira Liga (Hugo Delgado/Lusa)

E se acha que é tudo coincidência ou que o mérito é exclusivo dos jogadores de campo está bem enganado. A única derrota que o FC Paços de Ferreira tem na Segunda Liga aconteceu na terceira jornada, a única em que Ricardo Ribeiro não atuou. O FC Famalicão foi à Mata Real vencer por 2-1, naqueles que foram, precisamente, os dois únicos golos sofridos pelo FC Paços de Ferreira no campeonato.

Mas, afinal, quem é Ricardo Ribeiro? A verdade é que é um guarda-redes habituado à Primeira Liga. Já representou o Moreirense, clube onde se formou, o Estoril Praia, o Belenenses e a Académica no mais alto escalão e representou também o Académico Viseu e o Olhanense na Segunda Liga. Contudo, o episódio mais conhecido da carreira de Ricardo Ribeiro envove... Valeri Bojinov. O guardião tinha apenas 21 anos quando foi a Alvalade com a camisola do Moreirense para a fase de grupos da Taça da Liga. Com 1-1 no marcador, os leões conquistaram um penálti já depois dos 90'. Depois do famoso momento em que Bojinov empurrou Matías Fernández e avançou para a marcação do lance, Ricardo Ribeiro brilhou e defendeu o remate do búgaro. "Tive uma oportunidade para brilhar e aproveite", admitiu Ricardo Ribeiro aos jornalistas no final da partida.

Sê o primeiro a comentar: