Portugal
"O futebol português tem disto". Presidente do Tondela lamenta que desçam três
2019-04-09 13:55:00
"Vai descer uma equipa sem culpa nenhuma no cartório", diz o dirigente

O Tondela venceu nesta jornada e em terras beirãs já se sonha com a manutenção, numa altura em que o cenário parecia complicado. O clube está no 15.º lugar da Liga portuguesa, com 28 pontos, e, embora a missão seja complicada, Gilberto Coimbra confia que os jogadores vão conseguir a manutenção.

"Em quatro ou cinco jogos do Tondela, aí não digo que foi falta de sorte, mas foi infelicidade dos árbitros, que não estiveram bem e em quatro ou cinco jogos em que nós poderíamos ter trazido a vitória e neste momento não estaríamos com 28 pontos, mas com mais oito ou nove pontos. Com esses pontos estaríamos a respirar ar puro. Não estamos dessa forma, mas faremos tudo para respirar como temos feito até aqui", afirmou o presidente do Tondela, em declarações à 'Renascença'.

Nesta altura, o Tondela tem mais um do que o Nacional, a primeira equipa abaixo da linha de água, numa época em que descem três formações.

Gilberto Coimbra assume que devido a "algumas incompetências que houve no passado", nesta época irá descer uma terceira equipa "sem culpa nenhuma no cartório" para que seja feita a reintegração do Gil Vicente.

"O Tondela é um clube pacifico. Assume, e sempre tem assumido, essas consequências e é uma consequência negativa, seja para quem for, seja para que clube for, que é uma consequência ingrata, é o nosso futebol, o futebol português tem disto".

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa