Portugal
"O Benfica até hoje pagou-me zero", garante César Boaventura
2019-03-18 19:20:00
Empresário de futebol foi ouvido esta segunda-feira no Tribunal de Esposende

César Boaventura foi ouvido esta segunda-feira no Tribunal de Esposende, no âmbito do processo de difamação que lhe movido por Cássio, antigo guarda-redes do Rio Ave. À saída, o empresário falou aos jornalistas e explicou que nunca quis visar o guarda-redes e garantiu que até hoje nunca recebeu por parte do Benfica, clube do qual é adepto. 

"Em algum momento falei nele, ele levou uma goleada de cinco golos [frente ao FC Porto]. Escrevi que eram jogadas estudadas, que se vendia guarda-redes sem redes. O lamaçal do futebol português", afirmou. "O Cássio deu uma entrevista ao Expresso a dizer que eu o tentei corromper e vai ter de provar. E se ele tem família, eu também tenho. Se forem analisar a postura de alguns jogadores nos jogos frente ao Benfica e ao FC Porto, vejam quem são os corrompidos. O Lionn é mentiroso. A única coisa que conheço desses jogadores é a carreira desportiva deles. O Marcelo foi para o Sporting e fez dois jogos. O Cássio está na equipa do Pedro Emanuel. É o crime organizado. Não me refiro a ninguém, mas o apito dourado não acabou".

Depois de exemplificar dois jogos onde 'pediu' uma análise às prestações dos jogadores do Rio Ave, frente a Benfica e FC Porto, César Boaventura assumiu-se benfiquista, mas negou que alguma vez tenha recebido dinheiro das águias. 

"Eu não trabalho ao serviço do Benfica. Sou benfiquista com muito orgulho, mas o Benfica até hoje pagou-me zero", garantiu. 

Sê o primeiro a comentar: