Portugal
"No futebol, é meio mundo a lixar meio mundo", diz Zé Manuel
2019-04-29 12:05:00
Antigo jogador deixou futebol e agora é camionista

O nome José Manuel da Silva Fernandes possivelmente não lhe dirá muito no mundo do futebol. Mas se for usado o diminutivo 'Zé Manel', eventualmente, aí já imaginará que o protagonista nas linhas que se seguem é o antigo jogador do Paços de Ferreira, Boavista, Trofense e Leixões, só para citar alguns emblemas, que o bracarense representou nos 271 jogos que realizou em 10 temporadas no principal campeonato de futebol português.

Aos 44 anos, 'Zé Manel' pendurou as chuteiras e agarrou-se ao volante para continuar a ganhar a vida como motorista de mercadorias, depois de vários anos no principal escalão nacional de futebol. Para trás ficaram as memórias de um jogador que, mesmo nunca tendo chegado a um dos ditos 'grandes', deixou o seu nome na história dos clubes que passou no campeonato.

Hoje em dia, além do trabalho como motorista de entregas logísticas, 'Zé Manel' gosta de pescar nas horas vagas e dedica-se também à agricultura.

"Quando acaba o futebol, não acaba o mundo. Antes de ser profissional de futebol, também trabalhei. Surgiu a oportunidade de trabalhar numa empresa de logística. Já lá vão quatro anos na mesma empresa e com gosto", sustentou, justificando a razão para estar longe do futebol.

"Não quero ser treinador, nem estar ligado ao futebol. Se alguém me fizer o convite, ainda penso duas vezes. Sei o que passei, as dificuldades. E hoje, no futebol, é meio mundo a lixar meio mundo. Percebeu o que quis dizer?", referiu, em entrevista ao 'Maisfutebol'.

O antigo jogador salienta que no mundo da bola "aparece tudo". "Os bons, os maus e os que não interessam. Mas os bons, guardamos os contactos", salientou o jogador que começou pelas divisões distritais e foi subindo até à Liga portuguesa, onde chegou pela mão de José Mota.

Com 10 temporadas no principal escalão do futebol português, o antigo jogador considera ainda que "só quem não tem juízo é que não consegue fazer um pé de meia em dez, 12 anos a ser profissional de futebol".

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa