Portugal
"Não fomos de férias. Queremos mostrar em campo que somos os melhores"
2020-06-02 12:55:00
Treinador portista admite que paragem "não beneficiou ninguém"

Sérgio Conceição voltou às conferências de imprensa após uma longa ausência por conta da covid-19. O treinador do FC Porto admitiu que estes meses "não foram fáceis para ninguém" e lembrou que foi preciso usar a inteligência para manter os jogadores ativos para a ponta final do campeonato.

"A equipa está, como sempre, focada, a trabalhar muito bem", revelou o técnico dos azuis e brancos, em conferência, negando que alguma equipa tenha tirado proveitos com a paragem.

"Não beneficiou ninguém. Ninguém esperava esta pandemia. Não quero entrar num discurso em que uma equipa ganhasse algo. Foi mau para toda a gente", salientou.

Questionado sobre as declarações de Luís Filipe Vieira (que revelou, sem mencionar nomes, que existiam clubes que não queriam voltar à competição), Sérgio Conceição destacou que, no caso dos portistas, nunca pararam.

"Não fomos de férias, estivemos a trabalhar o tempo todo, ainda que de forma diferente. Isso, por si só, demonstra a esperança que tínhamos de que o campeonato retomasse para que, dentro do campo, demonstrássemos que éramos e somos a melhor equipa."

Na conversa com os jornalistas, o treinador dos azuis e brancos admitiu que espera um regresso do futebol com "equilíbrio".

"As pessoas que tentam controlar - e não é fácil - tentam salvaguardar a saúde das pessoas", comentou, esperando que "não se entre no exagero e que se faça do futebol um exemplo positivo".

Sobre o facto de não existir público nas bancadas, admitiu que faltam ingredientes.

"Faltarão os condimentos necessários para uma boa salada. Se calhar não é a mesma coisa, mas, se tivermos fome, temos que a comer. Temos fome de jogar, alcançar títulos, por isso temos que ir lá para dentro como se o estádio estivesse lotado."

Conceição garantiu ainda que o FC Porto chegará pronto para lutar pelos três pontos frente à "verdadeira surpresa" do campeonato, o Famalicão.

O técnico dos ‘dragões' foi ainda confrontado com o facto de não poderá contar com Marcano até ao final da presente época. O defesa central espanhol sofreu uma rotura de ligamentos e foi operado, prevendo-se um tempo de recuperação nunca inferior a três meses.

"É sempre mau não ter todo o plantel. Lamento profissionalmente o que aconteceu ao Marcano. É um jogador muito importante para nós, também no balneário", referiu Sérgio Conceição.

O treinador dos ‘azuis e brancos’ falou também sobre a situação do japonês Nakajima, que está a trabalhar em casa, para dar apoio à esposa, que se encontra doente.

"Nakajima não está no grupo. A direção vai tratar isso, mas não há muito mais a falar sobre isso. Gostaria de ter todos disponíveis, sim", explicou.

O encontro entre o Famalicão e FC Porto, da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, joga-se a partir das 21:15 horas de quarta-feira, no Estádio Municipal de Famalicão.